GT discute inclusão de extensão em currículos

13. março 2015 | Escrito por | Categoria: Cotidiano, Matérias

O grupo de trabalho (GT) Curricularização da Extensão realizou na quarta, dia 11, sua primeira reunião, na qual foram discutidas diretrizes para implantação no IFSC do que determina a meta 12.7 do Plano Nacional de Educação 2014-2020: que 10% da carga horária de todos os cursos de graduação sejam destinadas à extensão.

O objetivo do grupo é, a partir das diretrizes, elaborar o texto de uma resolução regulamentando a implementação dos 10% de carga horária para extensão nos currículos de graduação que será submetida a consulta provavelmente em junho e julho. Posteriormente, o texto será enviado para apreciação do Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e do Conselho Superior (Consup).

Com a meta do PNE, todos os alunos de cursos de graduação terão que fazer extensão. Para isso, no IFSC três caminhos podem ser seguidos, segundo explica a diretora de Extensão e integrante do GT, Fabiana Mortimer Amaral. Um deles é identificar qual o percentual de carga horária das unidades curriculares pode ser considerado extensão. Outro é disponibilizar projetos de extensão como unidades curriculares para os estudantes. Uma terceira alternativa é permitir ao alunos validar atividades institucionais de extensão, possibilidade que ainda vai ser estudada.

A diretora de Extensão considera que o ensino tem a ganhar com o aumento da carga horária destinada à extensão. “O ensino vai estar mais próximo da comunidade e vai ter um ganho com isso”, avalia.

Com a aplicação dos 10% de carga horária para extensão em cursos deve fazer aumentar a quantidade de estudantes do IFSC envolvidos com essa atividade. De acordo com levantamento da Diretoria de Extensão, de 2012 para 2014, o número de projetos registrados passou de cerca de 70 para aproximadamente 600, mas a quantidade de alunos envolvidos ainda é baixa: cerca de 530.

Participam do GT Curricularização da Extensão o pró-reitor de Extensão e Relações Externas, os diretores de Extensão, de Pesquisa e de Desenvolvimento do Ensino, a coordenadora de Desenvolvimento da Extensão e representantes de cursos de licenciatura, de cursos superiores de tecnologia, de cursos de bacharelado, de departamentos de Ensino, Pesquisa e Extensão dos câmpus, do Cepe, do Consup e das coordenadorias de Extensão dos câmpus.

Faça um comentário!