Alunas do Programa Mulheres Sim participam de feira de economia solidária

13. novembro 2015 | Escrito por | Categoria: Câmpus Tubarão, Matérias

mulheres_simAs alunas do Programa Mulheres Sim de Tubarão puderam expor e vender, na última terça-feira (10), os produtos que confeccionaram ao longo do curso. Elas participaram da feira de economia solidária promovida todos os meses no câmpus da Unisul pela incubadora de empreendimentos solidários.

mulheresimarleteAs peças expostas são o resultado das aulas de artesanato, confecção de sabão e de produção de alimentos como biscoitos e doces. Entre os destaques, está a boneca russa que elas aprenderam a fazer com embalagem de suco de frutas e que serve como peso para porta. “Eu gostava de fazer artesanato, mas não sabia, só fazia crochê. No curso, eu aprendi a fazer muita coisa e foi legal também fazer novas amizades. Agora no natal, pretendo não gastar muito, porque irei confeccionar os presentes que darei para minha família”, explica a aluna Mirian Espíndola.

mulheressimarleteA participação na feira também marca um momento especial para as alunas. “Essa é a primeira vez que eu exponho os produtos em uma feira e estou contente em poder participar. Gostei muito das aulas, porque eu nunca tinha tido a oportunidade de fazer um curso. Tive aulas de informática, de reciclagem, de artesanato e de confecção de biscoitos. Depois desse curso, quero fazer outros”, explica a aluna Arlete Vieira.

mulheressimbijuAs ex-alunas dos cursos Pronatec também participaram da feira. Marza veio de Jaguaruna para expor os brincos e colares que produziu a partir do curso Pronatec Mulheres Mil de Confecção de Bijuterias. “Eu tenho vendido as peças que produzo para amigas e vizinhas. Tenho feita peças a partir de caixas de leite, retalhos de tecido e crochê. Inclusive já dei aula de confecção de bijuterias para a turma do Mulheres Sim.”

Aromartes

aromartesAs irmãs Maria Inês e Zuleide de Oliveira, ex-alunas do Pronatec Mulheres Mil de Reciclador, participam da feira de economia solidária todos os meses. Com os conhecimentos que aprenderam no curso, elas montaram a Aromartes e hoje vendem sabão, sabonetes e aromatizadores de ambiente. “Assim que nós terminamos o curso do Pronatec, nós começamos a frequentar as reuniões do fórum de economia solidária e resolvemos criar a nossa associação com outras sete formandas do curso. Já conseguimos arrecadar com a venda dos produtos cerca de mil reais que estão sendo utilizados para compra de matéria-prima e dos utensílios que nós precisamos”, explica Zuleide de Oliveira.

Assim como o grupo do Aromates, a proposta da coordenação do Programa Mulheres Sim e da incubadora de empreendimentos solidários é incentivar que as alunas participem de mais edições da feira. “Nós convidamos as alunas para participarem das reuniões semanais do fórum de economia solidária em que elas poderão ampliar seus conhecimentos sobre economia solidária. Nessas reuniões, elas contarão com o apoio da equipe para organizar futuros negócios. Nós entendemos que estimular a geração de economia solidária pode significar o emponderamento dessas mulheres”, avalia um dos coordenadores da feira, Rafael da Silva.

Faça um comentário!