Primeira reunião do Conselho Discente define membros do Colegiado do Câmpus Lages

28. março 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Lages, Cotidiano, Matérias

Conselho_Discente_1-500x281Nesta terça-feira (22), aconteceu a primeira reunião do Conselho Discente do Câmpus Lages do IFSC, que é formado por um representante – e seu respectivo suplente – de cada uma das turmas dos cursos técnicos e superiores da instituição. O Conselho se reunirá, ordinariamente, a cada dois meses.

No primeiro encontro foi apresentado o regulamento do Conselho, que prevê a sua natureza e finalidade, competências, composição, atribuições e forma de reunião. “O Conselho Discente é uma instância consultiva, que deve auxiliar e aconselhar a gestão do Câmpus Lages do IFSC”, diz o primeiro artigo do texto.

“Durante a campanha para a direção do câmpus foi verificado o problema de comunicação entre a diretoria e os alunos, e isso foi colocado em nosso plano de gestão para ser trabalhado. A composição deste conselho visa estabelecer uma relação direta entre a direção e os estudantes”, comenta o diretor-geral Thiago Meneghel.

Conselho_Discente_2-500x281Completam a composição do Conselho Discente o diretor-geral e o chefe do departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão. O mandato é de um ano e os estudantes que compõem o conselho são eleitos por voto direto de seus colegas de classe. O segundo mais votado assume a suplência.

“Tem muitos alunos que têm vergonha de chegar na direção-geral, ou até na coordenação do curso, e falar de algum problema. É muito mais fácil conversar essas coisas entre os alunos”, destaca Eduarda Setter, representante da primeira fase de Engenharia Mecânica. “É fundamental prover esse feedback com os alunos. A falta de comunicação é o caminho para o fracasso”, completa Ian Mateus Mignoni de Andrade Ramos, do primeiro módulo do Técnico em Informática.

Colegiado do Câmpus

Outra atribuição do Conselho Discente é escolher os dois representantes dos alunos que os representarão no Colegiado do Câmpus, órgão máximo da instituição. Podem se candidatar ao Colegiado os representantes titulares de cada turma no Conselho Discente. Nesta primeira reunião, a votação foi realizada, sendo eleitos para o Colegiado os alunos:

Alunos_Colegiado-500x281Eduarda Setter (Engenharia Mecânica – I fase) – Títular
Fátima Oliveira Conceição (Biotecnologia – I módulo) – Títular
Alexandre Rampelotti de Andrade (Mecatrônica – II módulo) – Suplente
Ian Mateus Mignoni de Andrade Ramos (Informática – I módulo) – Suplente

“A ideia é de que a pauta do Colegiado do Câmpus seja socializada para o Conselho Discente, que por sua vez irá discutir os assuntos junto com os alunos e trazer deles as demandas da categoria para as reuniões”, completa o diretor.

“Sempre gostei de representar os alunos, desde os tempos de colégio eu queria participar dessa tomada de decisões. Quero estar sempre presente para tentar melhorar as coisas para todos. Não podia perder essa chance de fazer parte do colegiado”, comenta Alexandre Rampelotti de Andrade, do segundo módulo do Técnico em Mecatrônica. Na mesma linha, a membro titular do Colegiado Fátima Oliveira Conceição, do primeiro módulo do Técnico em Biotecnologia, quer ser a voz não apenas do seu curso, mas de todos os estudantes. “Eu gosto de representar. A nossa turma é bem grande e eu espero representá-los bem, não só a Biotecnologia, mas os alunos em geral. Quero levar as ideias deles à frente”.

Tags:

Faça um comentário!