Projeto divulga produção de biodiesel a partir do óleo de cozinha

9. maio 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Criciúma, Cotidiano, Matérias

projeto_biodiesel 1O que fazer com o óleo de cozinha usado? Esse é um frequente problema para residências e empresas, pois quando descartado no meio ambiente provoca poluição de solos e rios. Atualmente, porém, uma alternativa ecológica e lucrativa é transformar o óleo usado em biocombustível. Ensinar como fazer esse processo é o objetivo de um projeto de extensão que está sendo desenvolvido pelo Câmpus Criciúma do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

Até agosto deste ano, o projeto “Disseminando a fabricação de Biodiesel” vai apresentar à comunidade de Criciúma e região uma das metodologias possíveis para produzir biodiesel a partir do óleo de cozinha usado. Serão apresentados os resultados de um projeto de pesquisa desenvolvido pelas estudantes Bruna Mendes e Emili Lavezzo, que buscou otimizar o processo de fabricação do biocombustível variando o tempo de reação química, temperatura e o percentual de catalisação.

“Como uma pequena porção de óleo usado já é bastante poluente, nosso objetivo é mostrar que existe a possibilidade de reaproveitamento deste resíduo”, explica Bruna Mendes. O projeto de extensão é coordenado pelo professor Marcelo Dal Bó, da área de Química do Campus Criciúma.

O processo de produção do biodiesel a partir do óleo de cozinha usado será apresentado à comunidade interna do Câmpus Criciúma e para escolas das redes municipal, estadual e particular de Criciúma e região. Além disso, empresas interessadas também podem participar do projeto. A previsão é que seja alcançado o público de 400 visitantes extensionistas.

projeto_biodiesel 2A primeira visita aconteceu nesta segunda-feira, dia 9. Alunos do nono ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal José Cesário da Silva, do bairro Nossa Senhora da Salete, de Criciúma, participaram da apresentação das alunas Bruna e Emili sobre o processo de produção do biodiesel. Também conheceram o Laboratório de Química do Câmpus, apresentado pela servidora Ana Paula Figueiredo e pela bolsista Maria Júlia Brunel, em ação do projeto de extensão que visa a divulgar o curso técnico de Química.

Para as professoras Franciele Hobold e Viviany Salvano, a visita foi importante para os alunos conhecerem a estrutura da instituição e as atividades que podem realizar no Ensino Médio. “Foi muito válido e interessante. Os alunos saem do seu espaço e isso desperta o interesse deles”, disse Viviany, professora de Matemática. Segundo Franciele, professora de Ciências, a escola vem desenvolvendo um projeto para mostrar aos alunos da escola as ofertas de cursos técnicos em instituições da região. “Muitos já tinham o interesse em conhecer o Câmpus e fazer a prova para os cursos técnicos”, explica.

Para agendar visitas, os interessados podem entrar em contato com os responsáveis pelo projeto do biodiesel, pelos e-mails abaixo. O Laboratório de Química comporta até 40 visitantes.

Professor Dr. Marcelo Dal Bó

Bolsista Bruna Mendes

Bolsista Emili Lavezzo

Tags: , ,

Faça um comentário!