Alunos apresentam o mundo do trabalho para formandos de Biotecnologia no Câmpus Lages

2. junho 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Lages, Cotidiano, Matérias

images-Biotec_lagesCom a formatura chegando, sempre vem aquela dúvida do que fazer depois de terminar o curso. Para ajudar nessa tarefa, o segundo módulo do curso Técnico em Biotecnologia promoveu uma minifeira das profissões para apresentar aos alunos que se formam este semestre. A atividade, ocorrida na última segunda-feira (30), fez parte da disciplina “Linguagens e Comunicação”, ministrada pela professora Paula Clarice Santos Grazziotin de Jesus.

“Trabalhamos com linguagem autoral, e para atender a esse conceito era necessário realizar a exposição em espaço público. A atividade surgiu dessa ideia e também de apresentar um panorama àqueles que estão se formando”, comenta a professora. A turma foi dividida em grupos e cada um deles pesquisou sobre os possíveis postos de trabalho em aberto, oportunidades de estágio e possibilidade de contratação após um período de estágio.

Foram pesquisadas empresas nas áreas de agroindústrias, melhoramento genético, indústria geral, empresas farmacêuticas, além de vagas para pesquisa e em concursos públicos. Os temas foram propostos pelos professores do curso de Biotecnologia.

Apresentação

Com os trabalhos prontos, foi a vez de chamar os alunos do quarto módulo para mostrar os resultados. A equipe que tratou do melhoramento genético, formada pelas alunas Kelly Demarch de Sá, Gislaine Batista de Oliveira e Kélyta Thibes, relatara que, além da pesquisa de vagas, a atividade serviu para apresentar o IFSC a muitas dessas empresas.

“Tivemos um pouco de dificuldade, pois muitas das empresas nessa área são de pequeno porte, geralmente familiares, onde não se tinha muito conhecimento da área da Biotecnologia. Acreditamos que pudemos contribuir abrindo espaço para eles (formandos) quando forem procurar um emprego, pois os proprietários já terão conhecimento de quem somos”, comenta Kelly. A ideia, devido ao sucesso da atividade é fazê-la de forma sistemática. “Esperamos que os primeiros módulos continuem esse trabalho”, completa Gislaine.

Por parte dos formandos, a atividade foi igualmente importante. Também conscientizou os alunos quanto ao seu papel de promotor do nome do IFSC no mundo do trabalho. “Achei essa atividade importantíssima . Abriu ainda mais minha visão em relação de qual porta bater e superar expectativas que ainda são desconhecidas pelas empresas citadas. Mostrou também a responsabilidade que carregamos em divulgar o potencial, tanto do IFSC quanto dos alunos formados. Estão todos de parabéns pela iniciativa”, comenta Daniele Padilha Moreira, aluna do quarto módulo de Biotecnologia.

Debate

images-Biotec_lages2Após a atividade, os alunos foram para a biblioteca onde puderam realizar uma discussão sobre o evento. Puderam esclarecer suas dúvidas sobre a divulgação do IFSC para a comunidade e a relação da instituição com as empresas locais para encaminhamentos de estágios. Participaram dessa discussão o diretor-geral, professor Thiago Meneghel, e o jornalista do câmpus, Rafael Xavier dos Passos.

Tags: , ,

Faça um comentário!