Câmpus preparam-se para participar do 5º JIFSC, em Chapecó

13. junho 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Chapecó, Câmpus Criciúma, Câmpus Lages, Eventos, Matérias

O Câmpus Chapecó recebe na próxima semana, de 22 a 25 de junho, a 5ª edição dos Jogos do Instituto Federal de Santa Catarina (JIFSC). Ao todo, 1.211 estudantes de 21 câmpus do IFSC vão participar das atividades.

O 5º JIFSC será disputado nos ginásios do Sest/Senat e do Verdão, em Chapecó. Serão três modalidades individuais, quatro de duplas e cinco coletivas divididas em duas categorias: uma para cursos técnicos integrados e concomitantes com projeto pedagógico unificado e outra para cursos gerais. Nem todas as modalidades estarão em disputa nas duas categorias.

Os estudantes de cursos técnicos e concomitantes com projeto pedagógico unificado disputarão atletismo – dividido em 100m rasos, 4x100m, 200m, 400m, 800m, 1.500m, 3.000m (feminino), 5.000m (masculino) -, arremesso de peso, lançamento de disco e salto em distância, basquete, futebol 5 (masculino), futsal, handebol, tênis de mesa individual e dupla, vôlei de quadra, vôlei de areia e xadrez. Acompanhe o quantitativo de equipes por modalidade aqui.

Já na categoria cursos gerais, estarão em disputa atletismo (100m, corrida rústica e salto em distância), canastra (misto), dominó (misto), futebol 5 (masculino), futsal (feminino), tênis de mesa individual e dupla, vôlei de quadra (misto) e xadrez.

Em cada câmpus, um grupo de servidores organiza a viagem e os treinos com os atletas. Já em Chapecó, a tarefa é deixar tudo pronto para a chegada dos mais de mil competidores.

“Junto com a equipe de organização de eventos do IFSC, nós estamos trabalhando para deixar os hotéis, a alimentação e os espaços dos jogos [Sest/Senat e Verdão] prontos para a realização do evento”, destaca o professor de Educação Física do Câmpus Chapecó, Eder Ferrari.

Outra tarefa importante, segundo Ferrari, é a conscientização dos alunos sobre a acolhida de Chapecó com os outros câmpus do IFSC. “Estamos conversando com os nossos alunos para que Chapecó seja exemplo neste quesito, para que haja respeito e acolhida dos anfitriões durante a realização de todo o evento”, enfatiza.

Se depender de Everton Reginatto e Karine Rossi, alunos do Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio de Chapecó, a integração entre os câmpus será ótima.

Eles vão competir futebol 5 e handebol, respectivamente, e acreditam que a integração é um dos momentos mais esperados durante os jogos.

“É ótimo poder interagir, se divertir e conhecer os alunos dos outros câmpus”, afirmam.

Para os dois alunos, outra vantagem de participar dos jogos é a chance de seguir às etapas seguintes. “Gostamos muito de praticar esportes e principalmente de ter a possibilidade de competir nas etapas Sul e Nacional [dos Institutos Federais]”, destacam.

Essa possibilidade leva as equipes de Chapecó aos treinos pelo menos uma vez por semana e os alunos do atletismo duas vezes, sob a orientação do professor Ferrari.

Treinos e motivação

Os demais câmpus também realizam preparativos para os jogos. No Câmpus Criciúma, o ginásio vem abrigando treinos duas vezes ao dia. A professora Karine da Cunha, de Educação Física, destaca o envolvimento de alunos e professores na preparação.

“Todos estão bem empenhados. Os alunos estão participando dos treinos e os professores pegaram junto para ajudar”, afirma a professora. Confiante, Karine espera um bom desempenho do Câmpus Criciúma no JIFSC. “Criciúma sempre foi muito bem no JIFSC e a expectativa é irmos bem de novo. Os alunos estão empenhados para isso”, diz.

A estudante Sabrina de Souza, 18 anos, da primeira fase do curso de Engenharia Mecatrônica, é a treinadora do time de futsal feminino de cursos integrados do câmpus e afirma que a equipe está bem preparada para os jogos. “Treinamos muito passe, fundamentos. Foi uma evolução muito grande. O time está muito bem e as meninas estão empolgadas”, diz a treinadora.

O Câmpus Lages participará do JIFSC apenas no último dia, quando serão disputadas as modalidades para cursos gerais. Como o câmpus não possui cursos integrados, não há aulas de Educação Física, nem estrutura adequada para a prática de esportes, o que limita as atividades esportivas na instituição. Mesmo assim, a animação é grande.

“Houve grande procura para participar dos jogos. Este ano conseguimos montar uma equipe de servidores que organizou as atividades, inclusive promovendo seletivas internas que definiram os classificados para as competições. A direção-geral foi às salas de aula para a divulgação dos jogos e isso já provocou um melhor relacionamento entre as turmas quando se reuniam para as seletivas. É claro que há uns mais competitivos que outros, mas isso não foi um problema. Foi muito legal ver a união dos alunos em torno da participação no JIFSC”, explica Dariana Koech, chefe da delegação lageana.

O treinador do time futebol 5, Alberto Felipe Barros, professor do curso técnico em Informática, teve trabalho para formar o time que vai aos jogos. “Quarenta alunos participaram das seletivas. Tivemos que fazer duas para poder avaliar melhor todo mundo e selecionar apenas os 10 melhores para a a inscrição”, conta. Alberto afirma que procurou um equilíbrio entre as posições para formar a equipe.

O time está treinando há cerca de um mês, inclusive tendo realizado um amistoso contra um time formado por servidores do câmpus. A empolgação é tanta que os alunos confeccionaram um jogo de uniformes personalizado para o torneio.

Além das competições, o JIFSC também é visto como um momento de confraternização entre os alunos. “Espero que seja legal e que eu possa conhecer bastante gente dos outros câmpus”, diz Lucas Schwantes de Lima, aluno do curso técnico em Informática do Câmpus Lages que vai aos jogos pela primeira vez. Ele vai disputar o xadrez.

Estudantes-atletas

Alguns dos alunos que vão participar do JIFSC já têm histórico de participação em competições esportivas fora do IFSC. É o caso de Sabrina de Souza, a treinadora do time de futsal feminino do Câmpus Criciúma. Natural de São Joaquim, na Serra, ela disputou o campeonato estadual da categoria sub-17 de futsal pelo Internacional de Lages no ano passado. O esporte ajudou na sua adpatação ao IFSC. “Vim de fora e não conhecia ninguém. Pra mim, treinar o time foi importante para fazer novas amizades”, afirma Sabrina.

Ainda em Criciúma, uma modalidade com vários talentos é o xadrez – no último JIFSC, em Joinville, o câmpus ficou em primeiro tanto no feminino quanto no masculino. Estudante da terceira fase do curso técnico em Mecatrônica, Vitória Silva da Rosa, 17 anos, vai “defender” o título da colega Mariani Sebastião, já formada. Vitória é enxadrista desde os 11 anos, quando foi descoberta em um torneio disputado em Torres (RS). Atualmente, ela é atleta da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma (FME).

Este ano, Vitória ficou em terceiro lugar no campeonato catarinense sub-18, uma das categorias mais fortes, e em quinto no geral. Em 2014, ficou em oitavo lugar geral no campeonato brasileiro aberto de xadrez. E, no ano passado, ficou no segundo lugar individual nos Jogos do Instituto Federal (JIF). “Santa Catarina é um dos melhores estados brasileiros no xadrez”, destaca Vitória.

Samuel Kammer Albino, 16 anos, aluno do curso de Edificações, também treina na FME e coleciona bons desempenhos em competições recentes. Enxadrista há cinco anos, foi campeão por equipes da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e campeão sub-14 na categoria escolar do circuito rápido da Federação Catarinanse de Xadrez em 2014. Ele é o atual campeão do xadrez no JIFSC e sabe que será difícil repetir o feito. Está de olho em adversários fortes e pretende estudar partidas já realizadas pelos futuros oponentes.

Em Lages, Cleyton Gonçalves Koslowski, aluno do curso técnico em Eletromecânica, chegou a ser contratado profissionalmente para torneios de vôlei e espera contribuir com a equipe do câmpus no JIFSC. “Ainda vamos fazer alguns treinos para definir posições e distribuir bem o time. Pretendo ajudar com a minha experiência, pois joguei por seis anos em alguns times pelo Estado”, comenta.

Faça um comentário!