Chapecó recebeu a quinta e maior edição do JIFSC

30. junho 2016 | Escrito por | Categoria: Eventos, Matérias

Foi realizada entre os dias 22 e 25, em Chapecó, a quinta e maior edição dos Jogos do Instituto Federal de Santa Catarina (JIFSC), com a participação de 1,2 mil alunos de 21 câmpus. Nos três primeiros dias, foram disputados os jogos para estudantes de cursos técnicos integrados e de cursos técnicos concomitantes com projeto pedagógico (PPC) unificado. O último foi realizado com modalidades para alunos dos demais cursos do IFSC (“cursos gerais”).

Jogo entre Gaspar (roxo) e Xanxerê (verde e vermelho) no vôlei feminino.

O 5º JIFSC foi cheio de novidades. Pela primeira vez, foi realizado em dois lugares: no Sest/Senat e no Complexo Esportivo Verdão, separados por aproximadamente 2km de distância. Outra novidade foi a participação dos câmpus Palhoça Bilíngue, São Carlos e Tubarão, estreantes nos Jogos. Os estudantes da categoria Cursos Gerais puderam, pela primeira vez, participar da disputa do atletismo, com as provas de 100m, corrida rústica e salto em distância, e o vôlei 4×4 foi transformado em vôlei misto.

Os estudantes de cursos técnicos e concomitantes com projeto pedagógico unificado disputaram atletismo – dividido em 100m rasos, 4x100m, 200m, 400m, 800m, 1.500m, 3.000m (feminino), 5.000m (masculino), arremesso de peso, lançamento de disco e salto em distância -, basquete, futebol 5 (masculino), futsal, handebol, tênis de mesa individual e dupla, vôlei de quadra, vôlei de areia e xadrez.

Já na categoria cursos gerais, estiveram em disputa atletismo (100m, corrida rústica e salto em distância), canastra (misto), dominó (misto), futebol 5 (masculino), futsal (feminino), tênis de mesa individual e dupla, vôlei de quadra (misto) e xadrez.

Os resultados do JIFSC estão publicados no portal de jogos do IFSC. A IFSCTV transmitiu alguns jogos ao vivo – outra novidade desta edição dos Jogos. Os vídeos estão divulgados no canal da IFSCTV no YouTube. Confira fotos das competições na página do IFSC no Facebook.

Para a diretora de Assuntos Estudantis e integrante da comissão organizadora do JIFSC, Girlane Bondan, os Jogos vêm se consolidando como importante evento para os alunos da instituição. “No entanto, como toda ação precisa de melhorias contínuas, acredito que possamos avançar trabalhando mais fortemente em ações e atividades mais cooperativas, menos competitivas, mais solidárias e as ações de sustentabilidade que são fundamentais em qualquer contexto”, comenta.

Para a diretora-geral do Câmpus Chapecó, Ilca Ghiggi, receber os jogos na cidade deixou honrados os servidores do IFSC na maior cidade do Oeste Catarinense. “Foi um momento único, onde todos souberam fazer de fato uma confraternização saudável, com torcidas animadas e seguindo o princípio de respeito ao próximo”, diz.

Abertura

Na cerimônia de abertura, a reitora Maria Clara Kaschny Schneider falou sobre o desafio de fazer o JIFSC pela primeira vez no Oeste de Santa Catarina. “Esse era um pedido dos nossos estudantes. Estamos vivendo um momento difícil, mas temos olhando para vocês [alunos] aqui, temos certeza de que fizemos a escolha certa”, disse, referindo-se aos cortes orçamentários ao comentar sobre as dificuldades. “É um dos momentos mais bonitos de nossa instituição quando vemos quase 1,3 mil alunos reunido em prol do esporte e da união.”

A diretora-geral do Câmpus Chapecó, Ilca Ghiggi, deu as boas-vindas aos participantes e falou sobre a oportunidade de receber os Jogos. “É uma imensa satisfação, não só para Chapecó, mas com certeza pra todos os câmpus do Oeste, realizar o JIFSC”, afirmou.

Ainda na cerimônia de abertura do 5º JIFSC, houve apresentação artística de centros de tradições gaúchas de Chapecó, entrega do certificado de vencedor do concurso de mascote do JIFSC ao professor Gerson Witte, do Câmpus Chapecó, e juramento do atleta feito pela estudante Kettlyn Zanette (foto), também do Câmpus Chapecó.

Estreias

Pela primeira vez, o Câmpus Palhoça Bilíngue (cursos integrados e cursos concomitantes com PPC unificado), São Carlos e Tubarão (ambos nos cursos gerais) participaram dos Jogos. Um dos estudantes-atletas do Câmpus Palhoça Bilíngue foi Lucas Ferreira, 17 anos, do curso técnico em Comunicação Visual, inscrito no tênis de mesa (de boné na foto). Morador de São José, Lucas, que é surdo, já havia disputado competições de tênis de mesa em Itajaí, Chapecó e Joinville, mas no JIFSC teve a primeira experiência de enfrentar competidores ouvintes.

Os câmpus de São Carlos e Tubarão participaram o JIFSC no último dia. O aluno do técnico em Edificações de São Carlos, o haitiano Jhon Smith Jean-Mary, aproveitou os Jogos para voltar a praticar futebol. “Eu gostava de jogar futebol no Haiti, mas estou há 1 ano e 7 meses no Brasil e esta foi a primeira oportunidade que tive para jogar”, comenta.

Para outro aluno do técnico em Edificações, Jocemar de Moura, além de praticar esporte, o JIFSC também proporciona momentos de lazer. “Como trabalhamos e estudamos, não temos muitos momentos como este para conversar e nos integrarmos com nossos próprios colegas”, afirma.

O diretor-geral do Câmpus São Carlos, Juarez Pontes, acompanhou os alunos e atuou como técnico durante algumas partidas. Ele acredita que toda esta integração faz o vínculo entre alunos e IFSC melhorar. “E o JIFSC ainda faz os alunos conhecerem melhor o IFSC, os servidores e a estrutura de câmpus”, comenta.

A auxiliar em administração Paula da Rosa Wernke acompanhou a delegação de Tubarão e também frisou a importância da integração. “Esses alunos acabam criando um estímulo para ficar e continuar no IFSC e vão criando uma cultura de sempre participar dos Jogos”, afirma.

As alunas Julia Helena e Bárbara Lívia, do técnico concomitante em Informática de Tubarão, concordam. “Acabamos dando mais valor ao IFSC e o esporte nos ajuda inclusive nos estudos, já que precisamos de estratégia tanto para o esporte como para os estudos e a vida”, concluem.

Felipe Silva e Rafaela Menin | Jornalistas IFSC

Faça um comentário!