Projeto de Engenharia de Produção é implantado em comércio de Caçador

19. julho 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Caçador, Matérias

piengenhariaO projeto integrador do primeiro semestre de Engenharia de Produção do Câmpus Caçador já está rendendo resultados. As equipes percorreram estabelecimentos da cidade e propuseram uma alteração de layout para melhorar o fluxo de clientes e materiais. Das seis empresas estudadas, três estão implementando as reformas e duas aprovaram as sugestões — só faltam recursos para executar.

O restaurante e lanchonete Zanzibar, instalado no Centro de Caçador há 12 anos, foi uma das empresas a acolher as propostas. A lista de mudanças é grande, mas o proprietário, José Luis Pereira, garante que a reforma será concluída no decorrer dos próximos meses. O investimento previsto é de 15 mil reais, o que inclui ampliação dos banheiros, realocação do escritório, troca de freezeres, cercamento do terreno e criação de uma área para fumantes.

Até agora, explica José, um deck na área externa foi fechado com janelas de vidro temperado. Como o inverno de Caçador é rigoroso, o espaço pode abrigar os clientes do frio. “Foi um bom investimento, porque a área ficou mais confortável e já notamos um aumento no ticket médio”, comenta.

A equipe que entrou em contato com a administração da lanchonete para elaboração do projeto foi a de Vinícius Assis de Andrade. O aluno se diz satisfeito com o resultado: “é muito gratificante que já tenhamos um projeto realizado, mesmo estando na primeira fase do curso”.

Os projetos foram orientados pelo professor Rodrigo Acácio Paggi, e desenvolvidos nas aulas de desenho técnico, metodologia científica e introdução à engenharia de produção. Assim, os alunos elaboraram o desenho técnico da planta, maquete em 3D (na imagem) e relatório de propostas. Paggi notou uma “boa interação entre os alunos e o setor produtivo e de comércio da cidade”.

Por Eduarda Hillebrandt | Estagiária de Jornalismo IFSC

Faça um comentário!