Com o IFSC como anfitrião, Florianópolis recebe 17ª Conferência Internacional de Algas Nocivas

7. outubro 2016 | Escrito por | Categoria: Eventos, Matérias

selo_site_ichaDe 9 a 14 de outubro, Florianópolis receberá a 17ª Conferência Internacional de Algas Nocivas(International Conference on Harmful Algae, ICHA em Inglês). Ela acontece a cada dois anos e reúne especialistas mundiais que irão discutir os impactos econômicos, sociais, em saúde pública, no turismo e aquicultura da ação do evento conhecido como Maré Vermelha. O ICHA 2016 será o primeiro sediado na América Latina e acontece no Centro de Convenções de Florianópolis (Centrosul).

O tema central deste ano será  “Algas nocivas, das células para a pesca: espécies, toxinas, ecologia, gestão e novas tecnologias”. Em menos de 10 anos, o comércio de ostras e mexilhões foi interrompido quatro vezes em Santa Catarina em função da Maré Vermelha e este será um dos assuntos tratados no ICHA. “O estado é o maior polo de ostras e mexilhões cultivados do Brasil. Durante uma semana nós vamos ter os maiores especialistas do mundo nesse tema discutindo esse assunto que afeta bastante a maricultura”, completa o professor Luís Antônio de Oliveira Proença, Chairman do ICHA 2016.

O evento ocorre em Florianópolis por iniciativa do Instituto Federal de Santa Catarina – Câmpus Itajaí, onde há o Laboratório Oficial de Análise de Resíduos e Contaminantes em Recursos Pesqueiros (LAQUA-Itajaí/RENAQUA). “A ideia partiu do grupo de pesquisa dos professores do Câmpus Itajaí e teve o apoio da reitoria do IFSC. Encaminhamos a proposta de hospedar o evento em 2012, quando ele foi realizado na Coréia do Sul. Vir para Florianópolis é uma conquista, pois são poucos com essa característica internacional que vêm para uma cidade de menor porte, geralmente eles ficam em grandes centros”, reforça o professor. Segundo ele, o ICHA também será importante para o processo de internacionalização do IFSC, pois o evento terá participantes de 49 países e 11 estados brasileiros.

O evento é uma promoção da Sociedade Internacional para o Estudo das Algas Nocivas (International Society for the Study of Harmful Algae – ISSHA) e está sendo organizada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e pela Associação Latino-americana para o Estudo das Algas Nocivas (Alean), com apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e da Comissão Intergovernamental de Oceanografia.

O ICHA inicia no domingo (9) com uma recepção aos participantes. A abertura oficial ocorre na segunda-feira (10) às 9h. Para mais informações, visite o site oficial. A próxima edição será realizada em 2018, em Nantes (França).

Por Rafael Xavier dos Passos | Jornalista IFSC

Faça um comentário!