Projeto do Câmpus Criciúma debate desafios da escola no ensino da cultura afro-brasileira

20. outubro 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Criciúma, Cotidiano, Matérias

 

Difundir a temática da identidade africana em sala de aula, debater questões étnico-raciais e, assim, contribuir para combater o bullying e a evasão escolar. Este é o objetivo de um projeto de extensão que será desenvolvido até o início de dezembro no Câmpus Criciúma do Instituto Federal Santa Catarina (IFSC). Durante sete semanas, alunos e professores vão debater o tema e propor alternativas pedagógicas para serem trabalhadas no dia a dia das escolas.

O projeto “Elementos identitários para a educação étnico-racial: construindo alternativas pedagógicas para inclusão” é coordenado pelo professor do IFSC Marcos Luis Grams. Ele prevê a realização de atividades semanais focadas na temática da identidade africana, como base para a produção de objetos pedagógicos que possam ser utilizados na educação básica, a fim de garantir o cumprimento da legislação brasileira sobre o ensino de história e cultura africana.
“O projeto é de grande importância uma vez que enfrenta a evasão escolar e melhora as competências dos professores para o enfrentamento ao bullying e outras formas de acosso, especialmente aquelas relacionadas ao preconceito étnico-racial”, afirma Grams.

As atividades são abertas ao públicos e voltadas especialmente aos professores da rede pública e privada da região de Criciúma, além de professores e alunos do Câmpus Criciúma do IFSC. Também participarão das atividades estudantes e professores da escola estadual Ignacio Stakowski, instituição parceira do IFSC, onde serão realizadas todas as atividades.
Os encontros serão às quintas-feiras, das 17h às 18h40. A primeira oficina será no dia 27 de outubro e o encerramento está marcado para o dia 1º de dezembro. Além de oficinas de caráter teórico-prático, serão apresentados e debatidos vídeos desenvolvidos pelo projeto “A Cor da Cultura”, criado em 2004 em parceria entre o Canal Futura e governo federal. Também será realizada uma palestra com a participação dos professores Atila Pires dos Santos, do Instituto Federal de Brasília, e Marco Antonio Vezzari, do Câmpus Chapecó do IFSC.

As inscrições devem ser feitas pelo telefone 3462 5028. As vagas são limitadas.

Por Daniel Cassol | Jornalista IFSC

Faça um comentário!