Aluno do Câmpus Canoinhas concorre na etapa estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa

24. outubro 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Canoinhas, Matérias

erneniO aluno Ernani Antonio Wolter Junior, do 1º ano do curso técnico integrado em Alimentos do Câmpus Canoinhas, ficou entre os alunos selecionados para a etapa estadual da 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Com o texto “Minha araucária”, inscrito pela professora Claudia Kuns Tomaselli, ele concorreu na categoria crônica. “Receber a notícia de que minha crônica havia sido selecionada trouxe-me grande alegria. Para mim, já foi uma grande conquista”, comemorou Ernani.

O tema da olimpíada deste ano, “O lugar onde vivo”, combinou com as motivações de Ernani, que gosta de retratar os mais diferentes dramas da vida real. “Acho que a vida é repleta de coisas maravilhosas, que, apesar de muitas vezes insistirmos em não enxergá-las, elas fazem alguma diferença. Algo sutil que passa despercebido por uma pessoa pode ser de extrema importância para os que estão ao redor dela. Eu sempre tento enxergar as maravilhas dessas pequenas coisas; e me sinto completo ao escrever algo que possa tocar alguém.”

A opção pelo gênero crônica veio da paixão pela literatura. “A literatura nos faz desvendar um universo desconhecido. Universo esse que pode estar contido na mais mirabolante história ou até numa simples xícara de café em cima da mesa. Ela nos faz entender que é possível captar milhares de pontos de vista até da monotonia da vida diária. E é isso que eu acho fascinante. Por trás de cada história, uma mensagem; e por trás de cada mensagem, uma motivação.”

A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país, do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. É uma iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Clique aqui para ler a crônica “Minha araucária”

Por Liane Dani | Jornalista IFSC

Faça um comentário!