Curso ofertado pelo IFSC é fundamental para treinamento de pescadores

27. outubro 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Itajaí, Cotidiano, Matérias

2016_10_27_curso_pop_itajaiTrês barcos de pesca naufragaram recentemente na região Sul do Brasil. Um deles próximo de Imbituba, em que estavam a bordo 24 tripulantes, sendo que 17 sobreviveram, um morreu e seis estão desaparecidos, um em São Francisco do Sul, em que havia cinco tripulantes, sendo que três foram resgatados e dois estão desaparecidos e um na Barra de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, com quatro tripulantes, sendo que todos foram salvos . Em duas embarcações estavam pescadores que já foram alunos do Câmpus Itajaí do IFSC no curso de Pescador Profissional nível 1 (POP-N1) e que tiveram aulas de primeiro socorros, combate a incêndio e navegação. Conhecimentos que foram fundamentais para que eles sobrevivessem ao naufrágio do barco onde estavam.

Elias da Silva, que fez o curso POP o ano passado e estava no barco que naufragou em Imbituba, conta que durante os cinco minutos em que o barco levou para naufragar, ele não esquecia a primeira aula do curso em que a professora Renata Acauan, do Câmpus Itajaí, perguntava “O que vocês fariam se o barco estivesse afundando?”. “Eu achei que todos iriam morrer, eu lembrei da aula e a primeira coisa que eu fiz foi colocar o colete e acionar o SOS. Eu coloquei o colete e joguei a pilha de colete para os outros, tinha alguns que nem sabiam como colocar. Tem que fazer o curso, cada aula tem que prestar atenção porque o negócio é sério. Aquela pergunta da prova me ajudou porque na hora eu lembrei o que eu respondi. Essas aulas salvaram a minha vida e eu estou aqui para contar história.”

2016_10_27_curso_pop1_itajaiAndrei do Nascimento também foi aluno do curso POP nível 1 em Penha e precisou usar seus conhecimentos quando o barco que estava naufragou a cinco milhas da Barra de Rio Grande, no Rio Grande do Sul. “Eu fiz igual fizemos na aula de salvatagem. Soltamos a balsa e eu e o meu amigo colocamos o colete, ele não sabia como amarrá-lo e eu o ajudei.”

O IFSC é a única instituição de ensino, dentre as noves autorizadas pela Marinha do Brasil, a ofertar o curso de Pescador Profissional Nível 1 (POP-N1). O curso é obrigatório para todos os profissionais que atuam como pescadores ou para aqueles que pretendem ingressar nesse setor e precisam da Carteira de Inscrição e Registro (CIR), que é emitida pela Marinha do Brasil. ” Só em 2016, foram ofertadas oito turmas do curso nas cidades de Barra Velha, Penha, Itajaí e Florianópolis. Nesses últimos casos de naufrágio, ficou ainda mais evidente a importância do treinamento. Um tripulante capacitado pode salvar a vida de muitos. Nós avaliamos que nesses casos, é preciso que haja no barco os equipamentos de segurança adequados, conhecimento e treinamento da equipe. O que nós observamos é que pela falta de treinamento, muitos entraram em pânico”, avalia o coordenador do Centro de Referência de Navegação e Pesca Marítima do IFSC (CNPmar), Benjamim Teixeira.

O curso POP nível 1 está sendo ofertado em Florianópolis e começarão novas turmas no dia 31 de outubro em Itajaí e 3 de novembro na capital.

Confira o vídeo da entrevista, feita pelo professor Benjamim Teixeira e pelo coordenador de Relações Externas do Câmpus Itajaí, Rafael Wielewski, com o pescador Elias da Silva.

Por Beatrice Gonçalves | Jornalismo IFSC

Tags:

Faça um comentário!