Otimismo marca início de primeiro curso superior em Tubarão

10. fevereiro 2017 | Escrito por | Categoria: Câmpus Tubarão, Eventos, Matérias

Com uma turma diversificada e cheia de expectativas, o Câmpus Tubarão do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) deu início oficial, na quinta (9), ao curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Uma aula magna do professor João Bosco da Mota Alves, da Universidade Federal de Santa (UFSC), seguida de uma confraternização entre servidores e alunos, marcou o início das aulas na instituição, um marco histórico para o IFSC e para a região de Tubarão.

Veja mais fotos do evento

“A interiorização de instituições como IFSC, IFC [Instituto Federal Catarinense] e UFSC é uma oportunidade para quem mora fora da capital. O estado inteiro precisa disso. As pessoas precisam dessa oportunidade e vão demonstrar essa competência quando se formarem”, disse aos alunos o professor João Bosco. Doutor em Engenharia Elétrica, ele é professor desde 1973. Atualmente, atua no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC.

Em sua aula magna sobre teoria geral dos sistemas, João Bosco falou sobre interdisciplinariedade e a necessidade de conhecer as necessidades da sociedade, indicou leituras para os novos alunos e fez provocações para os futuros profissionais de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. “Devolvam à sociedade que pagou esse curso com o melhor que puderem. Não se limitem apenas ao que é visto em classe”, destacou, lembrando que os estudantes não devem se limitar à sala de aula, permanecendo atentos às transformações do mercado.

“Dizem que a universidade não forma para o mercado. E nem deve. O mercado muda muito e, se formarmos um estudante para o mercado, ele sairá daqui desatualizado. Precisamos formar profissionais para os próximos 50 anos. Por isso é importante não se ater apenas às questões técnicas, mas prestar atenção no entorno do curso”, disse o professor.

O curso

1486729460574IkhCom duração de três anos e entrada anual de 40 alunos, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Tubarão é o primeiro curso superior federal na região da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel). De acordo com o professor Alexssandro Antunes, coordenador do curso, as pesquisas realizadas indicaram que este é o único curso presencial de Análise de Sistemas na faixa entre Passo de Torres, no extremo sul de Santa Catarina (divisa com o Rio Grande do Sul), e Palhoça.

“Pelas pesquisas que fizemos, o curso está em conformidade para atender a demanda da região. Levantamos dados do IBGE [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística], da Associação Catarinense de Tecnologia (Acat), entre outros. Verificamos os cargos mais demandados da área de TI [tecnologia da informação] e o curso está bem de acordo com estes cargos”, destaca o professor. Dados do IBGE indicam que apenas 11% da população de Tubarão tem curso superior. “Nosso curso vincula a necessidade de oferta de ensino superior na região e a conformidade com o mercado de trabalho”, completa.

A diretora-geral do Câmpus Tubarão, Consuelo Sielski, qualifica a abertura do curso como marco histórico. “É o primeiro curso superior do Câmpus Tubarão, o que tem um significado relevante para nós, servidores, mas principalmente para os estudantes. É uma oportunidade de trabalho, de ser empreendedor, de ter mais autoestima. É um abrir-se para quem se formar. Os cursos superiores de tecnologia têm atuação mais específica, uma vez que é mais prático do que os bacharelados”, afirma a diretora. “É um marco também pela presença do professor João Bosco, que abordou teoria geral dos sistemas, trazendo uma visão de mundo, os sistemas e suas inter-relações com o espaço de existência”, destaca.

Diversidade de expectativas

Aula Magna tubaA primeira turma do curso superior do Câmpus Tubarão tem gente de todas as idades e com diferentes expectativas. Aos 16 anos, Matheus Gonçalves faz o curso técnico concomitante em Informática no próprio IFSC, e agora espera aprofundar seus conhecimentos, principalmente na área de programação de jogos. “Antes, eu costumava programar jogos a partir de programações feitas por outras pessoas. Agora, espero aperfeiçoar meus conhecimentos para poder iniciar uma programação do zero”, diz Matheus, aficionado por games e desenvolvimento de sites. “A maioria dos meus amigos entrou em faculdades particulares. Estou tendo oportunidade de fazer o curso que eu quero, de forma gratuita e com a alta qualidade que tem o IFSC. Os laboratórios são modernos, limpos e os equipamentos são de alto nível”, afirma.

Aos 43 anos, Mariselma Fraga, que também já foi aluna do IFSC, quer continuar em permanente atualização. Trabalhando há 20 anos em empresas de informática, Mariselma concluiu em 2016 o curso técnico em Informática para Internet, ofertado na modalidade a distância no Câmpus Tubarão. A expectativa é grande para os próximos três anos que a separam de um diploma de curso superior. “Estou sempre buscando atualização. Quero entender mais para gostar ainda mais da área”, diz.

AulaMagnaTubA nova turma também tem alunos de longe. Aos 17 anos, Pedro Henrique Borges é o primeiro membro da família, moradora de Porto Alegre, a iniciar o processo de mudança para Santa Catarina, projeto que seus pais vinham acalentando. Na nova cidade e no novo curso, Pedro Henrique quer direcionar seus estudos para atuar em grandes empresas e vê com entusiasmo o fato de integrar a primeira turma. “O curso é bem atrativo. A gente vê que o câmpus quer crescer bastante e é legal fazer parte dessa história, como primeira turma”, afirma.

Após a aula magna, alunos e servidores confraternizaram no hall de entrada do câmpus, com direito a canja musical de Georgia Chagas, também aluna do curso técnico e caloura do curso superior. A confraternização foi mais uma evidência do entusiasmo do câmpus com o começo do novo curso. “Estamos muito felizes. Conversei com vários alunos que estão encantados com o curso, professores e com a nossa estrutura que está em crescimento”, diz a diretora Consuelo.

Por Daniel Cassol | Jornalista IFSC

Faça um comentário!