Comissão de Direitos Humanos do Câmpus Criciúma promove debate sobre empoderamento

11. abril 2018 | Escrito por | Categoria: Câmpus Criciúma, Matérias

A Comissão para a Diversidade Social e Direitos Humanos do Câmpus Criciúma do IFSC promoveu nesta quinta-feira, durante o intervalo do almoço, uma roda de conversa entre alunos e servidores com a participação do Coletivo Feminista Antonieta de Barros (Unesc) e apresentação musical.

O debate encerrou as atividades relativas ao mês de março da comissão, cujo tema de trabalho foi Empoderamento. Representando o Coletivo debate direitos humanos iiAntonieta de Barros, a aluna do curso de História da Unesc, Taiana Oliveira, debateu com os participantes sobre as ações do coletivo e temas sobre empoderamento feminino. “Somos um coletivo que se propõe a fazer mudança social, levantando pautas que tratem sobre questões feministas, e auxiliando mulheres em situação de violência”, explicou

O Coletivo Feminista Antonieta de Barros foi fundado em 2015 e reúne cerca de 20 ativistas que promovem debates e ações interseccionais em torno de questões de gênero, raça e classe. Esse foi o primeiro debate do ano de 2018 organizado pela Comissão para a Diversidade Social e Direitos Humanos do Câmpus Criciúma. No dia 08 de março, o grupo organizou um mural sobre a trajetória de mulheres ao longo da história.

debate direitos humanosA próxima atividade promovida pela comissão abordará a cultura indígena em uma mesa-redonda no final do mês de abril, com convidados externos. De acordo com o coordenador da comissão, professor Jonathan Taveira Braga, espaços de debate são importantes no contexto escolar. “Precisamos expandir esses espaços de diálogo para os alunos”, afirma.

Por Jornalismo IFSC | Campus Criciúma

Tags: , , ,

Faça um comentário!