Movimente-se com Saúde é pausa para melhorar saúde e rendimento, dizem servidores

20. abril 2018 | Escrito por | Categoria: Câmpus Florianópolis, Vida de Servidor

Ao completar dois meses, o projeto Movimente-se com Saúde, da Geap em parceria com a Coordenadoria de Saúde Ocupacional, já começa a entrar na rotina do Câmpus Florianópolis. “A participação ainda é pequena dentro do que podemos ter, mas estamos crescendo sempre um pouquinho. O difícil é começar, quem começa e sente os benefícios, não desiste”, afirma a educadora física Beatriz Regina Wolfgramm, instrutora das aulas que variam entre pilates solo, ginástica funcional e caminhada.

movimentesecomsaudeabril_2“Eu fiquei preocupada porque sempre fui do esporte de explosão, na primeira aula achei que ficaria entediada. Mas depois de sentir o relaxamento que deu e como voltei melhor, percebi como é bom”, explica Kyanny Pompílio, do Registro Geral. “Antes de ter filhos eu era muito ativa. Depois, com os dois pequenos, fazendo faculdade, trabalhando, fiquei completamente sedentária. O projeto é atualmente minha única atividade física e quero que me ajude também num problema postural que tenho. E esse tipo de ação, preocupada com a nossa qualidade de vida, faz com que a gente se sinta acolhida no lugar onde trabalhamos”, completa a servidora.

Ramon Ramos, do Compras e Contratos, tem uma rotina que já inclui academia e pilates, mas está na turma desde a primeira aula. “Eu tenho LER (lesão por esforço repetitivo) no ombro e às vezes sinto muita dor no trabalho. E aí venho para cá e é muito bom. A gente vem e volta outro, não só em relação à dor, mas de mente. É como se a gente reiniciasse o computador da nossa cabeça. Volto rendendo bem mais”, conta.

As atividades são realizadas normalmente no Ginásio 2, às terças e quintas, em dois horários – das 9h40min às 10h25min e das 15h45min às 16h30min. Para participar, não precisa de inscrição prévia, basta aparecer no local na hora da aula. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail saudeocupacional.fln@ifsc.edu.br.

Por Sabrina d’Aquino| Jornalista do IFSC

Tags: , ,

Faça um comentário!