Servidores fazem mutirão de doação de sangue em Criciúma 

27. junho 2018 | Escrito por | Categoria: Câmpus Criciúma, Matérias

Hemosc_1Junho é o mês de mobilização internacional pela doação de sangue, desde que a Organização Mundial de Saúde (OMS) instituiu, em 2004, o dia 14 de junho como Dia Mundial do Doador de Sangue. Para marcar a data, servidores do Câmpus Criciúma organizaram um mutirão para reforçar os estoques do Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosc). A doação foi realizada na manhã de terça-feira (26). Participaram 11 servidores do Câmpus. A iniciativa foi da Coordenadoria de Gestão de Pessoas (CGP).

“Nossa ideia é que se torne uma cultura institucional fazer a doação uma vez por semestre. Num primeiro momento, a receptividade foi bem legal e as pessoas gostaram da ideia. Pretendemos encontrar uma data em novembro para que os servidores possam fazer a doação”, explica Thiago Teixeira, servidor da CGP.

Hemosc_2O Hemosc de Criciúma atende 28 hospitais e clínicas entre Torres (RS) e Imbituba. “O Hemosc precisa manter os estoques para ter qualidade no atendimento aos hospitais e clínicas da região. Por isso é importante que empresas e instituições estejam juntos nesta batalha, porque todo dia precisamos de doações”, explica Ana Rúbia Zanete, funcionária do setor de captação de doações do Hemosc.

A instituição trabalha com o programa “Empresa Solidária”, que estimula organizações a realizarem mutirões internos de doação. “É importante que as empresas e instituições estejam em contato, trazendo doadores, porque todos os dias precisamos de 60 a 70 doações para mantermos os estoques”, alerta.

Hemosc_3O que é necessário para doar
* Ter idade entre 18 e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
* Doadores com idade de 16 e 17 anos de idade, são aceitos para doação mediante a presença e autorização formal dos pais e/ou responsável legal;
* O limite de idade para primeira doação é de 60 anos;
* O candidato à doação deve estar em boas condições de saúde, sem feridas ou machucados no corpo;
* Pesar acima de 50 kg (com desconto de vestimentas);
* Apresentar documento de identidade com foto, emitido por órgão oficial: RG., carteira profissional, carteira de motorista, etc.
* Ter repousado bem na noite antes da doação;
* Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas, nas 4 horas que antecedem a doação;
* Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas;
* Evitar vir acompanhado com crianças, sem acompanhantes.

Mais informações no site do Hemosc, ou pelo telefone: (48) 3444-7400.

Por Comunicação do Câmpus Criciúma do IFSC

Tags: , , ,

Um comentário até o momento. em "Servidores fazem mutirão de doação de sangue em Criciúma "

  1. Renato disse:

    Excelente iniciativa, sou doador regular há vinte e sete anos. Para quem precisa de vida e depende de doadores de vida, doar sangue é um ato sublime de renúncia e sacrifício em benefício do outro.
    Infelizmente aqui no campus Joinville, que tem técnico e bacharelado em enfermagem e tecnólogo em gestão hospitalar, não consegui mobilizar para a importância da doação.

Faça um comentário!