Evasão em pauta: IFSC promove primeiro encontro de Permanência e Êxito

15. outubro 2018 | Escrito por | Categoria: Destaques, Eventos, Gestão

rosemary_UFMG_encontro_PE_IFSC_2018“A única forma de evitar a evasão é a prevenção”. Esta foi a grande mensagem da palestra da professora Rosemary Dore, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no primeiro Encontro de Permanência e Êxito do IFSC que, na última quinta-feira (11), reuniu cerca de 130 servidores e dirigentes de todos os câmpus e da Reitoria em Florianópolis. A palestrante apresentou conceitos de evasão escolar, levantou questionamentos sobre o que vem sendo feito no País para tratar dessa questão e apresentou caminhos na busca de uma solução para esse problema alarmante que atingiu uma taxa média de 44% de alunos evadidos na Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica de 2009 a 2017.

“A evasão não tem uma causa, tem várias, pois é um processo”, explicou Rosemary. De acordo com a professora, a vasta literatura internacional existente sobre a evasão se baseia em três perspectivas distintas que consideram o contexto institucional, o contexto individual/social e o contexto individual/institucional.

rosemary_UFMG_encontro_PE_IFSCRosemary apresentou uma proposta de estudo que trata a desigualdade social como aspecto da evasão escolar. Entre os indicadores de desigualdades sociais associados à evasão escolar, estão a categoria socioprofissional dos pais, as regiões residenciais e, principalmente, o nível educacional dos pais. “Todos os programas de avaliação das instituições mostram a importância dos pais na educação dos filhos”, destacou a professora, mostrando dados de que os filhos das classes trabalhadoras têm quatro vezes mais chances de abandonar a escola do que os filhos de quadros sociais intermediários.

Estudiosa da problemática da evasão na Rede Federal, a professora questionou o foco na permanência escolar e o sumiço da palavra evasão nas recomendações da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) para os institutos federais. “Por que o foco na permanência desvinculada do estudo da evasão? O que fazer com o aluno evadido?”, indagou.

Entre algumas ações para prevenir a evasão, Rosemary destacou a identificação dos alunos em situação de risco de evasão, o engajamento familiar, a colaboração escola-comunidade e um trabalho de tutoria. Para finalizar, a palestrante apresentou ainda a Associação Brasileira de Prevenção da Evasão na Educação Básica, Profissional e Superior (Abapeve), única associação de prevenção da evasão escolar do País.

Um problema de todos

cabral_encontro_PE_IFSC“Se o tema não for assumido por todos, não será resolvido”, enfatizou o pró-reitor de Ensino, Luiz Otávio Cabral na abertura do encontro, que foi pensado pela Pró-Reitora de Ensino de forma a abordar a permanência e o êxito de maneira conceitual, estratégica e tática. “A permanência e o êxito são parte do processo que fazemos. Cada um precisa se ver como um ator”, destacou o dirigente.

mariaclara_encontro_PE_IFSCTambém na cerimônia de abertura, a reitora Maria Clara Kaschny Schneider destacou a importância de se pensar em uma inclusão efetiva no instituto, que não seja só na forma de ingresso. “Entendo que, no momento em que o aluno entra no IFSC, suas dificuldades na formação também são nossas e precisamos saber acolhê-las para que isso não o desestimule a parar de estudar”, afirmou.

A estudante do Câmpus Florianópolis-Continente, Júlia Bressan, representou os discentes na abertura do evento e elogiou a instituição em seu discurso. “O IFSC tem muitas qualidades e ajuda para os estudantes, então, se todo mundo agir junto, não teremos tantas desistências”, disse a aluna.

Troca de experiência

delmir_costa_IFMS_encontro_PE_IFSCComo parte da programação, o pró-reitor de Ensino do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Delmir da Costa Felipe, compartilhou toda a elaboração do plano de permanência e êxito da sua instituição e mostrou exemplos de ações que já estão sendo feitas. O trabalho pode ser conferido aqui.

O evento marcou o lançamento do Plano Estratégico de Permanência e Êxito dos Estudantes do IFSC, que tem como objetivo promover um conjunto de estratégias e ações que visam o enfrentamento da evasão e retenção dos estudantes. A programação contou também com uma oficina promovida pela pedagoga do IFSC, Nilva Schroeder (que atualmente trabalha no Instituto Federal de Brasília) sobre a elaboração de planos locais de permanência e êxito.

A IFSCTV transmitiu o evento, que foi acompanhado por mais servidores nos câmpus, e a gravação pode ser conferida aqui.

 

Por Marcela Lin | Jornalista do IFSC

Tags: , , , , , , , , ,

Faça um comentário!