IFSC participa do Outubro Rosa com série de ações sobre prevenção e diagnóstico do câncer de mama na Reitoria

18. outubro 2018 | Escrito por | Categoria: Matérias, Reitoria

outubro rosa palestraDurante todo o mês de outubro, o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) está realizando uma série de ações ligadas à campanha do Outubro Rosa, que alerta a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

A programação iniciou no dia 5 com uma oficina de meditação conduzida pela professora Myriam Prata Barbejat, coordenadora do Projeto de Extensão da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Medita UFSC. No mesmo dia, a voluntária da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Florianópolis, Mirian Márcia Mattos, deu uma palestra sobre o trabalho voluntário da entidade e temas ligados à prevenção do câncer de mama.

Outra iniciativa do IFSC é a campanha de arrecadação de produtos de higiene, leite e cesta básica que serão destinados à Associação de Voluntários do Centro de Pesquisas Oncológicas (Avoc). Servidores, professores e alunos podem contribuir até sexta-feira, 19, doando os itens na Coordenadoria de Atenção à Saúde do Servidor (CASS), que fica na Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), no primeiro andar do prédio da Reitoria.

Os itens que a associação mais precisa são: fraldas geriátricas (todos os tamanhos), hidratante corporal (de preferência sem cheiro), lenços umedecidos, leite (de caixinha ou em pó) e cestas básicas. Para marcar o fim da campanha de arrecadação, a comunidade acadêmica está convidada a participar do “Dia D”, na sexta-feira, 19, usando alguma peça de roupa ou acessório cor de rosa.

convite outubro rosa25Em 25 de outubro, a psicóloga Patricia Moura Ribeiro da Silva falará sobre a psicologia no enfrentamento de doenças como o câncer e explicará como o profissional da área pode auxiliar nas etapas de prevenção, diagnóstico, tratamento e pós-tratamento do câncer de mama. A palestra ocorre no auditório da Reitoria, a partir das 15h.

Outras iniciativas incluíram a iluminação em rosa do totem do Câmpus Florianópolis-Continente, a distribuição de laços rosas para os servidores e a divulgação de informações e materiais sobre o Outubro Rosa nas redes sociais, como a cartilha “Câncer de mama: é preciso falar sobre isso”, do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

wallpapper outubro rosaA Diretoria de Comunicação também criou um protetor de tela para os computadores sobre o tema, incentivando os servidores a ajudarem os pacientes em tratamento participando da campanha de arrecadação.

A assistente social Ânia Tamilis da Silva, do CASS do IFSC, ressalta a importância de trabalhar as questões de saúde ao longo do ano, com palestras sobre temas relacionados a alimentação saudável e prática de atividade física, que ajudam, entre inúmeros outros benefícios, a prevenir os casos de câncer de mama. Mas, Ânia explica que as chamadas campanhas “coloridas” como o Outubro Rosa, o Setembro Amarelo (prevenção do suicídio) e o Novembro Azul (doenças masculinas) desempenham um papel informativo importante.

“A informação não é só para quem está doente. A ideia é fazer cada um ser multiplicador de saúde e levar esse conhecimento adiante. Durante a campanha, muitos servidores homens vieram conversar e tirar dúvidas para repassar as informações para as esposas, por exemplo”.

A programação do Outubro Rosa é realizada pelo CASS e pela Comissão Interna de Saúde do Servidor Público (CISSP) do IFSC.

Servidores da Reitoria vieram de roupas rosas na última sexta-feira (19) em apoio às ações.

Servidores da Reitoria vieram de roupas rosas na última sexta-feira (19) em apoio às ações.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca) o câncer de mama é o tipo que mais acomete as mulheres brasileiras, depois do de pele não-melanoma, com a estimativa de 59.700 novos casos até 2019. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.

Estima-se que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama. Controlar o peso corporal e evitar a obesidade, por meio da alimentação saudável e da prática regular de exercícios físicos, e evitar o consumo de bebidas alcoólicas são recomendações básicas para prevenir a doença.

 

Por Isadora Vicente | Estagiária de Jornalismo

Foto | Carla Algeri

Tags: , , , ,

Faça um comentário!