Proex lança primeira chamada do edital de apoio a pequenos projetos de extensão

28. abril 2016 | Escrito por | Categoria: Cotidiano, Matérias, Reitoria

A Pró-Reitoria de Extensão e Relações Externas (Proex) lançou na quarta, dia 27, a primeira chamada do edital de apoio a pequenos projetos (Aproex 02/2016), que tem como objetivo fomentar atividades de extensão articuladas com ensino e pesquisa a serem desenvolvidas até dezembro deste ano. Todo projeto deve ter participação de alunos do IFSC, em uma das oito áreas temáticas estabelecidas pela Política Nacional de Extensão: comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, tecnologia e produção, saúde e trabalho.

Serão contemplados até 62 propostas, que devem ter um coordenador e apenas um aluno extensionista. A coordenação será contemplada com apoio de R$ 600 (único repasse), que deve ser aplicado exclusivamente no projeto. Já o estudante extensionista receberá dois repasses de R$ 400, um no primeiro e outro no segundo mês de execução do projeto.

O edital trabalhará com duas chamadas, sendo que a primeira já está aberta e com prazo para envio de propostas até 15 de maio e para execução do projeto entre 18 de julho e 16 de setembro. A segunda chamada será lançada em 25 de julho, com envio de propostas até 21 de agosto e execução do projeto de 17 de outubro a 19 de dezembro.

Os proponentes podem ser servidores do quadro ativo permanente do IFSC sem vínculo com outra instituição, que não ocupem cargo de direção (CD), que não estejam coordenando outro projeto contemplado com recursos da Proex e que não tenham pendências com a Proex. Cada servidor pode submeter apenas uma proposta por chamada e, se contemplado em uma chamada, não pode concorrer a novo fomento nas chamadas subsequentes. Servidores da Diretoria de Extensão, responsável pelo edital, também não podem concorrer ao apoio.

Para receber apoio do edital Aproex 02/2016, o estudante deve estar regulamente matriculado em curso do IFSC, não ter vínculo empregatício ou ser beneficiário de outra bolsa de qualquer instituição, nem possuir duas matrículas em cursos da rede federal de ensino.

As propostas devem ser cadastradas na internet, por meio da plataforma eletrônica Sigproj. O edital Aproex 02/2016 estabelece sete diretrizes para as propostas e, entre elas, está a de que os projetos devem ter relação com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Mais informações, incluindo os critérios para análise e julgamento das propostas, estão disponíveis no edital.

Faça um comentário!