Professores do Câmpus Itajaí participam de workshop da FAO que busca diminuir desperdício de alimentos

15. junho 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Itajaí, Cotidiano, Matérias

evento_faoPesquisadores de seis países, entre eles os professores do Câmpus Itajaí Rodrigo Gomes e Melina Chiba, estiveram reunidos em Governador Celso Ramos para o workshop de “Gestão sustentável do Bycatch na pesca de arrasto da América Latina e Caribe” (Rebyc-II Lac) realizado de 8 a 10 de junho.

O evento é promovido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e busca estimular ações que diminuam o desperdício de alimentos oriundos da captura incidental no arrasto de camarão.

Estima-se que a cada quilo de camarão capturado sejam pegos nove quilos de peixes que acabam sendo descartados. “Para nós foi muito importante participar desse evento internacional para discutir um tema que nós já trabalhamos no Câmpus Itajaí que é a utilização dessas espécies, que seriam descartadas, para produção de alimentos”, avalia o professor do Câmpus Itajaí Rodrigo Gomes.

coffee_break_frutos_do_marDurante o evento, foram servidos quibes fritos e assados, hambúrgueres e esfirras de peixe que foram produzidos por alunos dos cursos técnicos em Recursos Pesqueiros, Aquicultura e da especialização em “Conhecimentos marinhos aplicados ao ensino”. “Participantes de seis países entre eles Brasil, Colômbia, Costa Rica, Suriname, México e Trinidad y Tobago experimentaram produtos derivados do bycatch desenvolvidos no Câmpus Itajaí.

O quibe de peixe assado foi pensado para ser usado na merenda escolar e foi produzido com pescado de “mistura”, como é chamado pelos pescadores. Produzimos também um petisco (finger food) feito a partir de sardinha de baixo valor comercial. Este produto foi desenvolvido para ser usado como fonte de geração de renda e trabalho em eventos como coffee breaks”, explica a professora Melina Chiba.

Além da degustação dos produtos, durante o evento deu-se início ao estabelecimento de novas parcerias entre o Câmpus Itajaí do IFSC e o Núcleo de Estudos em Sistemas Pesqueiros e Áreas Marinhas Protegidas (Nespamp) do Centro de Estudos do Mar (CEM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Tags: , ,

Faça um comentário!