Prodin realiza palestras sobre PDI e planejamento

7. maio 2015 | Escrito por | Categoria: Eventos, Gestão, Matérias

A Pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodin) realizou na quinta-feira, 30 de abril, palestras sobre o Planejamento Estratégico e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), realizadas no auditório da Reitoria e com transmissão ao vivo pela IFSC TV. Os objetivos do evento foram familiarizar os servidores com o PDI e o planejamento estratégico e orientá-los sobre como construir o Plano Anual de Trabalho (PAT) 2016.

SONY DSCA diretora de Gestão do Conhecimento, Silvana Ferreira Pinheiro e Silva, fez uma apresentação teórica sobre planejamento, falando sobre o porquê de planejar, o papel do planejamento na administração pública e o contexto do planejamento na educação. “Os planos nos ajudam a diminuir o nível de incerteza, agregando mais segurança e transparência às decisões institucionais”, comentou Silvana. Ela explicou como foi construído o planejamento do IFSC, de maneira participativa, o que, para a diretora, colaborar com a transparência institucional. “As pessoas precisam se sentir participantes do processo e, acima de tudo, corresponsáveis pelo processo”, disse.

Na apresentação sobre o PDI, Silvana explicou como foi construído o plano, sua estrutura e conteúdo. Falou também sobre o Comitê Permanente de Acompanhamento do Desenvolvimento Institucional, criado recentemente, que vai ser o responsável pelo monitoramento da implementação da estratégia institucional, bem como pela proposição das funções necessárias para o seu monitoramento.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Andrei Zwetsch Cavalheiro, falou sobre planejamento estratégico (de longo prazo), quais os elementos que o compõem (missão, visão, valores, objetivos, metas, iniciativas, indicadores e ações) e sua diferença para outros tipos de planejamento. O PAT é o planejamento de nível tático, de menor prazo (um ano), no qual são definidas ações e iniciativas dos setores dos câmpus e da Reitoria com previsão de orçamento para cada uma. No dia 4, a equipe da Prodin começou uma série de oficinas nos câmpus para orientar as equipes locais na construção do PAT 2016.

Andrei também falou sobre a programação orçamentária do IFSC e como é elaborado o orçamento da instituição. O orçamento do IFSC vem majoritariamente da Matriz Conif, elaborada pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A matriz divide os recursos entre reitorias, câmpus e assistência estudantil. O critério principal para divisão dos recursos são as matrículas. Para reitorias, há um piso e um acréscimo proporcional ao número de câmpus, mais recursos para pesquisa, extensão e para educação a distância EaD.

Há uma divisão entre câmpus com mais de cinco anos de implantação e com menos de cinco anos de implantação, que recebem um piso mais um valor por matrícula, para que possam dar conta de atender aos alunos e, ainda, ampliar sua estrutura física e de pessoal. O montante que a Matriz Conif destina por matrícula também varia conforme o eixo tecnológico e a carga horária do curso, com exceção dos cursos de formação inicial e continuada (FIC), que têm todos o mesmo peso. Essas regras são discutidas anualmente entre o Conif, o Ministério da Educação (MEC) e o Fórum dos Pró-reitores de Planejamento e Administração dos Institutos Federais (Forplan).

Por fim, o pró-reitor explicou o funcionamento do “IFSC Rede”, um fundo composto por 10% do orçamento de cada câmpus e da Reitoria, destinado a rateio de ações como concursos públicos, processos de ingresso, publicidade legal e realização de eventos sistêmicos. “Tudo isso precisa ser rateado, porque é difícil determinar quanto um câmpus precisa pagar por cada ação”, comentou Andrei.

Na parte final do evento, a coordenadora de Planejamento, Cristiele Aparecida Petri, forneceu orientações sobre fluxos e como devem ser preenchidas as planilhas do PAT 2016, disponíveis no o Sistema de Planejamento do IFSC. Os projetos devem começar a ser cadastrados na próxima terça, dia 12, e ser validados pela direção do câmpus até 5 de junho. O prazo para apreciação das informações pelo colegiado do câmpus é 12 de junho. A planilha orçamentária global do IFSC deve ser concluída entre 6 e 17 de julho.

Para saber mais sobre os temas tratados nas palestras, assista aos vídeos disponíveis no canal da IFSCTV no YouTube. No vídeo do período matutino, estão as palestras sobre PDI (a partir de 0min25s de vídeo), introdução ao planejamento institucional (a partir de 3min), planejamento estratégico (a partir de 27min), planejamento estratégico do IFSC (a partir de 1h17min50s).


Vídeo da manhã

no vídeo do período vespertino, estão as palestras sobre programação orçamentária (a partir de 3min20s de vídeo), relação da estratégia organizacional com o plano de ações do IFSC (a partir de 41min) e orientações para o PAT 2016 (a partir de 1h10min05s).


Vídeo da tarde

Tags: ,

Faça um comentário!