Grupo de Pesquisa do IFSC apresenta pesquisa de avaliação da Fenaostra

21. outubro 2015 | Escrito por | Categoria: Câmpus Florianópolis-Continente, Cotidiano, Matérias

Nesta quarta-feira, o coordenador do Grupo de Pesquisa em Gestão do Turismo do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Tiago Savi Mondo, apresentou os resultados da pesquisa de avaliação da Fenaostra 2015, evento realizado pela Prefeitura de Florianópolis de 16 a 20 de setembro. A apresentação foi feita no auditório da Reitoria e contou com a presença de alunos e professores do Câmpus Florianópolis-Continente, além de gestores da Secretaria Municipal de Turismo (Setur). A pesquisa considerou a avaliação dos visitantes, dos donos de restaurantes que tinham quiosques na feira, e dos artesãos que expuseram trabalhos no evento.

De uma maneira geral, a Fenaostra teve uma boa avaliação por parte dos visitantes, recebendo uma nota de 3,96 em uma escala de 1 a 5 (em que 1 é péssimo e 5 é excelente). Durante o evento, 1.050 pessoas responderam ao questionário desenvolvido e aplicado pelo IFSC. Entre as sugestões apontadas, estão questões de estrutura, programação e divulgação. Os participantes sugeriram ainda que sejam revistas questões de preços e de acesso ao evento.

Após o evento, os responsáveis pelos restaurantes da Fenaostra puderam responder a um questionário de avaliação também. Com base nas setes respostas recebidas (de um total de 13), as principais sugestões foram: pensar em oferecer uma entrada pela passarela, retirar o palco do centro, abrir os dois lados do local para a entrada, rever o preço do estacionamento, melhorar a seleção dos fornecedores de bebidas e melhorar a divulgação.

Os artesãos que expuseram na Feita também responderam uma pesquisa. A partir de 26 respostas, o Grupo de Pesquisa do IFSC identificou as seguintes sugestões desses profissionais: melhorar a divulgação do espaço do artesanato, modificar a saída da feira, incluí-los no planejamento antecipado da festa, além de aprimorar questões estruturais como, por exemplo, luz nos estandes.

A pesquisa realizada pelo IFSC foi entregue à Setur para que sejam feitas melhorias para a próxima edição e para que se mantenham pontos bem avaliados. “Quando se percebe qualidade no serviço, o visitante sai satisfeito e contribui para a formação de uma imagem positiva sobre o evento”, explicou o professor Tiago ao destacar a importância do trabalho para que a Setur possa investir em requisitos de qualidade da Fenaostra.

O diretor-geral da Setur, Lucas Figueiró, que acompanhou a apresentação da pesquisa, agradeceu a parceria com o IFSC. “É a primeira vez que temos uma avaliação em números para melhorarmos esse evento”, afirmou. Lucas também deixou aberta a possibilidade de ampliar a parceria. “Queremos fazer pesquisas também para outros eventos da prefeitura, como o carnaval e o reveillon”, disse.

Tags:

Faça um comentário!