Projeto do Câmpus Criciúma explora matrizes africana e indígena na música

10. maio 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Criciúma, Cotidiano, Matérias

imagem_oficina_musica_criciumaDo blues ao samba, passando pelo maracatu, pelo rap e pela bossa-nova, muitos gêneros musicais têm em sua matriz as marcas, instrumentos e sonoridades das culturas africana e indígena. Para explorar esse universo, um projeto de extensão do Câmpus Criciúma vai realizar uma série de oficinas durante o primeiro semestre.

 
“O objetivo do projeto é, através dos gêneros musicais afro-samba, rap, blues, maracatu, rock, bossa nova e mangue beat, perceber as influências africanas e indígenas na formação multicultural de nossa música e valorizar as matrizes africanas e indígenas que constituem nossa cultura”, explica a professora Tatiane Scoz, que integra a equipe do projeto de extensão.

 
O projeto de extensão “A cultura africana, afrobrasileira e indígena na constituição de alguns gêneros musicais” tem encontros semanais no auditório do IFSC, das 12h20 às 13h20, voltado a alunos do Câmpus e da Escola de Educação Básica Ignácio Stakowski, instituição parceira. O primeiro encontro aconteceu no dia 2 de maio e contou com a presença do percussionista Rodrigo Campos, de Florianópolis. A próxima oficina acontece nesta quinta, dia 12, e terá como tema a história e os instrumentos musicais do samba.

 

São responsáveis pelo projeto os professores Carla Zanatta Scapini, Tatiane Melissa Scoz, Thayse Gonçalves da Silva, Orlando Gonnelli Netto, João Victor Pereira Acordi e Jorge Heleno Fidelis Pereira.

 

Confira a programação das oficinas:

12 de maio: História e instrumentos musicais do samba
19 de maio: O samba e suas relações com o elemento religioso
02 de junho: O maracatu e sua relação com a coletividade
09 de junho: História e instrumentos do blues
16 de junho: História e instrumentos do rock
23 de junho: História e instrumentos da Bossa Nova
30 de junho: História e instrumentos do Mangue Beat
07 de julho: Rap: história, elementos estilísticos e temas

Tags: , ,

Faça um comentário!