Servidores aprimoram conhecimentos em curso do Pronatec

12. maio 2016 | Escrito por | Categoria: Matérias, Vida de Servidor

TURMA ASSISTENTE EM RECURSOS HUMANOSServidores do Instituto Federal de Santa Catarina tem oportunidade de aprimorarem conhecimentos e processos do trabalho diário em cursos oferecidos através do Pronatec, modalidade Serviços Públicos. A possibilidade de realização destes cursos foi aberta pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC (Setec), e demandada pela Diretoria de Gestão de Pessoas do IFSC (DGP), tendo como parceiro Centro de Referência em Formação e Educação a distância ­(Cerfead). As aulas acontecem em módulos em dois polos: Florianópolis e Chapecó, reunindo servidores de todas as regiões da Instituição, e também da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

A primeira etapa de aulas iniciou em abril e prossegue até setembro, para a turma de Auxiliar Pedagógico, e até agosto nos cursos de Assistente de Recursos Humanos e Assistente Administrativo. A coordenadora de Capacitação e Avaliação, Danielle Cascaes, explicou que a formação nessas áreas foi definida após o levantamento das necessidades pela DGP e os conteúdos ministrados foram especificados para a realidade da instituição. “A formação específica nos cargos e setores vai ajudar a melhorar o desempenho, já que o IFSC cresceu muito rápido e mais da metade dos servidores tem menos de seis anos na casa”, disse ela.

É o caso do servidor João Lúcio da Costa Baracuhy, que está lotado na Reitoria há três anos e frequenta o curso de Assistente Administrativo. Ele considera a formação importante para quem está há pouco tempo no Instituto, especialmente para conhecer a trajetória da instituição e pela oportunidade de aprofundar o relacionamento com colegas dos vários setores. Segundo Baracuhy, a qualidade do conteúdo está acima do esperado, os professores são competentes, especialmente por terem conseguido estimular a participação dos alunos. Baracuhy, que é coordenador de Almoxarifado e Patrimônio, espera que sejam oferecidos outros treinamentos em áreas específicas.

curso RHEssa também é a expectativa da servidora Ediléia Giusti, também com pouco tempo de atuação profissional no IFSC, empossada em 2013. Segundo ela, “por mais que se estude, sempre há o que aprender, e as oportunidades de se qualificar tem que ser aproveitadas”. A servidora da DGP classifica as aulas como excelentes e diz que há uma grande expectativa pelas próximas fases da formação, cujas aulas estão previstas para maio, junho e agosto. Depois de concluída esta primeira etapa, novas turmas devem ser criadas na próxima pactuação, pois há lista de espera para formações como a de Assistente em Recursos Humanos. Além dessa, outras qualificações devem ser oferecidas por EAD para os servidores.

As aulas são ministradas por professores do Cerfead e servidores técnicos administrativos selecionados em edital do Pronatec, e os alunos são liberados do trabalho para frequentar as aulas, tendo as despesas custeadas com recursos do programa. Para Cascaes, os módulos de uma semana por mês permitem a permanente reavaliação dos procedimentos, tendo em vista os resultados positivos a serem alcançados. Conforme a coordenadora, o Pronatec foi uma forma de propiciar as formações, já que é difícil reunir os servidores e dar capacitações específicas: “Com a adequação das unidades programáticas poderemos oferecer conteúdos específicos de áreas administrativas, e a partir disso descentralizar para os campus algumas atividades centradas na reitoria”, concluiu.

Tags:

Faça um comentário!