Alunos vivenciam dificuldades da deficiência visual em Jaraguá do Sul

27. maio 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Jaraguá do Sul-Centro, Cotidiano, Matérias

jar_deficienciavisual_dirVocê já imaginou as dificuldades que uma pessoa cega ou com baixa visão tem para se deslocar? Como é viver sem saber da existência de um degrau ou um obstáculo qualquer no seu caminho? Para mostrar aos estudantes essas dificuldades e promover a reflexão deles sobre a deficiência visual, foi realizada, no Câmpus Jaraguá do Sul, uma atividade em que os alunos foram vendados e tiveram que percorrer o câmpus, tendo como guia um colega que não estava vendado.

Para a professora responsável pela atividade, Lenita Spliter, a experiência mostra como é o cotidiano de parte da população. “Os estudantes perceberam a importância de utilização de outros sentidos, como o tato e, principalmente, a audição no desenvolvimento da atividade. Também relataram sentimentos de insegurança e medo e, na discussão ao fim da atividade, destacaram a falta de acessibilidade no câmpus para as pessoas com deficiência”, diz.

A atividade foi realizada com uma turma da quarta fase do curso técnico integrado em Química. Entre os estudantes que participaram da experiência estava Gabriella Cristhyna Bomfim, que encontrou dificuldades para se locomover mesmo com a orientação dos colegas. “Foi possível perceber que o câmpus apresenta muitos obstáculos para uma pessoa com deficiência visual, principalmente nos espaços externos. Mesmo assim, a atividade foi muito importante e positiva, pois conseguimos nos colocar no lugar do outro e entender a importância da acessibilidade”, afirma.

Além de professora de educação física, Lenita também é integrante do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) do Câmpus Jaraguá do Sul. Clique aqui e confira mais fotos da atividade, realizada no início de maio.

Tags: ,

Faça um comentário!