IFSC capacita servidores municipais de Jaraguá do Sul em Libras e Cultura Surda

24. junho 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Jaraguá do Sul-Centro, Cotidiano, Matérias

Receber e atender bem a comunidade surda, dando encaminhamento aos pedidos daqueles que utilizam os serviços da Prefeitura de Jaraguá do Sul. Esse é o principal objetivo da parceria firmada entre o Câmpus Jaraguá do Sul e a prefeitura da cidade e que deu origem a um programa de capacitação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Cultura Surda para os servidores do município. A primeira atividade da capacitação ocorreu na segunda-feira (20), com uma mesa-redonda realizada no câmpus com participação de especialistas e uma professora surda.

A proposta da mesa-redonda foi debater os principais desafios ligados ao atendimento e ao convívio com pessoas surdas e, dessa maneira, sensibilizar os servidores da prefeitura para que se inscrevessem nas oficinas de Libras que fazem parte do projeto. Assistiram ao debate aproximadamente 110 servidores municipais de diversas secretarias, principalmente da Secretaria de Educação.

Segundo dados do IBGE, Jaraguá do Sul possuía, em 2010, um total de 1080 pessoas surdas. “Essa comunidade tem os mesmos direitos de quem é ouvinte e por isso nós, no município, precisamos dar condições para um primeiro atendimento a essas pessoas”, afirma a responsável pelo Programa de Desenvolvimento Humano da prefeitura, Manuela Dalri.

jar_prefeitura_libras2

Para a coordenadora do projeto no IFSC, Kelly Pinho Alflen, a capacitação vai contribuir para atender às necessidades básicas dos surdos, mas não eliminará a barreira da comunicação nos serviços públicos municipais. “A proposta é dar condições para o atendimento inicial aos surdos. Mas nós sabemos que o conteúdo da oficina não vai tornar alguém fluente em Libras. Por isso é necessário que a capacitação dos servidores continue e se amplie”, explica.

 

Após a mesa redonda, a etapa seguinte do projeto será de oficinas em Libras e Cultura Surda. Haverá três turmas de oficinas, cada uma com 30 servidores municipais. No total, serão capacitados 90 servidores em 40 horas de aula para cada servidor. As oficinas serão realizadas na prefeitura nas segundas, quartas e quintas-feiras. A prefeitura de Jaraguá do Sul possui, aproximadamente, quatro mil servidores.

Participaram da mesa-redonda na segunda-feira a intérprete do IFSC, Cristiane Albano Marquetti, a fonoaudióloga da prefeitura, Fernanda Maria Santana do Bomfim, e a professora surda Paula Maria Markewicz.

Clique aqui e confira fotos da etapa inicial do projeto, realizada no auditório do Câmpus Jaraguá do Sul.

Por Daniel Augustin Pereira / Jornalista IFSC

Faça um comentário!