Aula ensina alunos a fabricarem hambúrguer com peixes que seriam descartados

1. julho 2016 | Escrito por | Categoria: Câmpus Itajaí, Cotidiano, Matérias

hamburguer_itajai_1Na pesca do arrasto de camarão, além de camarão, a rede captura uma série de outras espécies de peixes de baixo valor comercial que, muitas vezes, são descartadas, mas que tem um alto valor nutritivo. Nas aulas do curso técnico em Recursos Pesqueiros do Câmpus Itajaí, os alunos aprendem a utilizar essas espécies para produzir hambúrgueres, pizzas, quibes e esfirras feitas de peixe e com isso ajudam a reduzir o desperdício de alimentos.

Na aula de Tecnologia da Pesca, realizada na semana passada, o cardápio era hambúrguer e pizza de peixe. “Com quatro quilos de peixe é possível produzir cerca de 60 hambúrgueres que são ricos em fósforo e cálcio. O peixe é uma proteína de excelente qualidade e de fácil digestão. O cardápio preparado na aula é o mesmo que nós produzimos para o coffee break que foi oferecido na reunião da FAO em Governador Celso Ramos”, explica o professor Rodrigo Gomes.

hamburguer_itajai_2Lourdes dos Santos é aluna do curso técnico e trabalha na manipulação de pescados, em que faz a separação das espécies quando os barcos atracam. “A indústria só utiliza peixes que não apresentam qualquer tipo de falha, mas no caso da pesca de arrasto muitas espécies chegam com cortes e são descartadas.”

Para produzir os fish burguers, os alunos utilizaram filés de peixe que foram moídos, farinha de aveia e uma série de temperos. “Para fazer o hambúrguer tem que ser com peixe fresco e é possível produzir em casa, utilizando um multiprocessador. Eu fiquei com vontade de fazer para uma tia minha que não come peixe e acho que é uma ótima solução para oferecer para as crianças”, avalia a aluna Elizabeth Annie.

Por Beatrice Gonçalves | Jornalista IFSC

Faça um comentário!