Comitê de Educação em Direitos Humanos promove palestra sobre Identidades Sociais 

10. maio 2018 | Escrito por | Categoria: Câmpus Joinville, Eventos

comit okAs formas de ser e agir no mundo são múltiplas, fluídas, fragmentadas e, até mesmo, contraditórias. Para compreender toda esta diversidade, o Comitê de Educação em Direitos Humanos do Câmpus Joinville realizaram uma formação sobre Identidades Sociais, nesta quinta-feira (10), no auditório do Câmpus. O evento foi destinado a alunos, servidores e comunidade externa. “Nós conversamos sobre raça, gênero e sexualidade e tentamos entender como existem relações de poder complexas que movimentam as compreensões sobre as diferentes identidades sociais, em diferentes contextos”, explica o professor Thiago de Oliveira Simões, que fez pesquisa de iniciação científica e mestrado sobre discurso e relações raciais no Brasil e iniciou doutorado sobre discurso e gênero.

A formação faz parte das ações propostas no plano de trabalho do IFSC ao aderir ao Pacto Nacional Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos – acordo de cooperação celebrado entre o Ministério da Justiça e Cidadania e o Ministério da Educação (MEC). De acordo com o documento, há a necessidade de que a inserção da Educação em Direitos Humanos nas instituições de ensino seja feita de forma transversal e interdisciplinar em todas as esferas institucionais, abrangendo o ensino, a pesquisa, a extensão, a gestão e a convivência universitária e comunitária.

Compromissos

Ao aderir ao Pacto, o IFSC se comprometeu em promover ações que contribuam para a promoção da igualdade de oportunidades e da equidade, na efetivação da democracia, do desenvolvimento e da justiça social, e na consolidação de uma cultura de paz e não violência.

articleEntre as metas a serem contempladas, destaque para o enfrentamento aos estereótipos de gênero, étnico-racial, religião, origem, idade, situação social, econômica e cultural, orientação sexual e identidade de gênero (LGBT+); combate à discriminação e à intolerância com grupos em situação de vulnerabilidade, a exemplo de pessoas com deficiência, transtornos e altas habilidades (superdotação), pessoas idosas, população em situação de rua, povos indígenas, quilombolas, ciganos, população ribeirinha, varzanteiros, pescadores, povos e comunidades tradicionais de matrizes africanas, população em privação de liberdade, migrantes e refugiados, dentre outros; e promoção do respeito à diferença e à diversidade.

Comitê local

No Câmpus Joinville, o Comitê Local é formado pela aluna Nycole Kulik e por cinco servidores: Cristina Gonçalves Cherici Ceccato (Registro Acadêmico), Liane Maria Dani (Jornalismo), Paulo Sérgio Bayer (professor da Área de Mecânica), Peterson de Souza Mattos (Relações Externas e Comunicação Social) e Thiago de Oliveira Simões (professor da Área de Cultura Geral).

Para informações, denúncias e sugestão de atividades, pode-se entrar em contato com a coordenação de Relações Externas e Comunicação, que fica na sala da Direção, ou pelo fone 3431-5602.
Por Liane Dani | Jornalista do IFSC

Tags: , , ,

Faça um comentário!