Reditec começa nesta segunda-feira

6. setembro 2019 | Escrito por | Categoria: Gestão, Matérias

Nesta segunda-feira, 9 de setembro começa a 43ª edição da Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec). Esta edição, que vai até 13 de setembro, é organizada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e o Instituto Federal Catarinense (IFC).O evento acontece no IFSC Câmpus Florianópolis-Continente e tem como tema “Mãos que fazem, mentes que transformam: 110 anos da Educação Profissional no Brasil”.

A Reditec é realizada há 42 anos e recebe gestores dos Institutos Federais, Centros Federais de Educação Tecnológica e do Colégio Pedro II. O objetivo do evento é avaliar práticas e resultados nas instituições que compõem a Rede Federal. O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) é quem promove a reunião com recursos próprios e da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC). No ano passado, a Reditec 2018 foi realizada em Búzios e organizada pelo Instituto Federal Fluminense (IFF).

O evento será composto por painéis, apresentações de relatos de experiências exitosas e oficinas. “A programação terá reuniões técnicas articuladas para aprofundar debates em torno dos desafios da formação profissional, estabelecendo diálogos para além do que se consegue pensar na rotina diária, valorizando o passado e com atenção estratégica ao futuro”, explica o pró-reitor de Extensão e Relações Externas do IFSC, André Dala Possa.

As atividades abordarão três eixos temáticos: Contextos e desafios da implantação da Rede; Tecnologias para a inovação na Educação Profissional e Tecnológica frente ao mundo do trabalho; e como pensar nossos currículos em rede.

Para a reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider, organizar a Reditec neste ano em que se comemora os 110 anos da Educação Profissional no Brasil é uma grande responsabilidade. “Nos consolidamos enquanto rede e hoje, muitas vezes, nossas instituições são a única opção de ensino técnico e superior gratuito na maioria dos municípios em que estamos”, afirma. “Avanços são possíveis e necessários e esta reunião é importante para refletirmos sobre o que estamos fazendo e como podemos gerar ainda mais transformação no nosso País por meio da educação’, complementa.

“Para o IFC, é uma honra receber e organizar a edição de 2019 da Reditec, especialmente num momento em que a proposta é formar e constituir debates mais integrados entre os institutos, e, desse modo, fortalecer o conceito de Rede”, destaca a reitora do IFC, Sônia Fernandes. “As expectativas que temos são as melhores, tanto no que diz respeito à organização do evento em si quanto à relevância das discussões que serão realizadas nesse encontro, uma vez que teremos como grande tema os 110 anos da educação profissional, assunto articulador dos demais debates no campo especialmente da gestão”, ressalta.

Programação

A programação do evento inicia com a palestra de Carla Tieppo, sobre a neurociência para pensar a aprendizagem. Para a professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa há 21 anos, educação e cultura constituem a base sólida da construção do indivíduo e da plenitude da realização da existência humana. Para ela, por meio do conhecimento é possível auxiliar no desenvolvimento de habilidades, capacidades e competências.

A inserção cada vez maior da tecnologia em nosso cotidiano e o futuro do trabalho frente a essa nova revolução é o tema da palestra Tecnologias para inovação na EPT frente ao mundo do trabalho com o doutor na área de comunicação, Eduardo Zilles Borba. Para ele, o que está claro no novo perfil de profissional é que é uma questão sociotécnica, não formando apenas profissionais especializados, mas indivíduos sociais, pessoas prontas para essa era digital.

Outro especialista presente nessa 43ª reunião, é Massimo Di Felice, professor da Universidade de São Paulo, que vai debater sobre como pensar a aprendizagem hoje, com currículos inovadores e o trabalho em rede. Di Felice tem experiência na área de Sociologia, Antropologia e Comunicação, nos últimos anos, e suas pesquisas vêm aprofundando o estudo das redes complexas.

Experiências Exitosas

A Comissão Organizadora da Reditec divulgou, terça-feira (3), os 24 relatos de experiências exitosas que serão apresentados no evento nesta semana. As apresentações serão feitas por meio de vídeo pitch nas tardes dos dias 10 e 11, das 14h às 17h30, no Câmpus Florianópolis-Continente do IFSC.

As apresentações deverão ser feitas exclusivamente por gestores inscritos no evento. Cada apresentação precisa ter até dez minutos, sendo que até cinco minutos serão reservados para a reprodução do vídeo pitch e outros cinco minutos para interação da plateia.

Visitas técnicas

Para promover a integração sociocultural com a região-sede, a Comissão Organizadora da Reditec disponibiliza visitas técnicas aos participantes. Todas as visitas serão realizadas na sexta-feira, 13 de setembro. Quem tiver interesse em participar, precisa fazer a inscrição pelo sistema.

As visitas são gratuitas, mas o número de participantes é limitado. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição.

Conheça abaixo as visitas técnicas que serão disponibilizadas:

Câmpus Camboriú do IFC e projeto Cães-Guia

Roteiro: Os participantes terão a oportunidade de conhecer o centro de treinamento de Cães Guia do IFC e aprender sobre a metodologia do curso de especialização em Treinador e Instrutor de Cães-Guia

Horário: Saída às 8h – Visita das 10h às 12h30

Vagas: 22

Câmpus Palhoça- Bilíngue

Roteiro: Os participantes vão conhecer a concepção bilíngue libras/português do câmpus, além de visitar as instalações do Núcleo de Produção Bilíngue.

Horário: Saída às 9h30 – Visita das 10h às 12h

Vagas: 22

Câmpus Florianópolis

Roteiro: Os participantes vão conhecer o câmpus mais antigo do IFSC e visitar os seis departamentos e o polo de inovação Embrapii

Horário: Saída às 13h30 – Visita até 16h30

Vagas: 22

Fortaleza de São José da Ponta Grossa

Roteiro: Os participantes vão visitar a Fortaleza de São José da Ponta Grossa no Norte de Florianópolis (entre Jurerê e a Praia do Forte), acompanhados por estudantes do curso técnico em Guia de Turismo Regional Santa Catarina do Câmpus Florianópolis-Continente.

Horário: 8h às 12h30

Vagas: 22

Acate

Roteiro: Os participantes vão conhecer a Associação Catarinense de Tecnologia e acompanhar apresentações sobre o ecossistema de inovação em Santa Catarina. Também terão a oportunidade de saber mais sobre o Centro de Inovação e os programas estratégicos da Acate, com destaque para a incubadora Miditec e o LinkLab.

Horário: Saída às 8h30 – Visita das 9h às 10h

Vagas: 22

Centro Histórico de Florianópolis

Roteiro: Visita pelos principais pontos turísticos do Centro Histórico de Florianópolis, conhecendo um pouco da cultura e história local. Será possível conhecer a Catedral Metropolitana, a Praça XV, o Mercado Público, arte urbana (street art / grafites), entre outros pontos.

Horário: das 10h às 11h30 e das 16h às 17h30

Vagas: 38

A Reditec acontece até sexta-feira (13), no Câmpus Florianópolis-Continente (junto à Reitoria) com uma intensa e ampla programação.

Para mais informações e conferir a programação completa, acesse o site da Reditec.

Faça um comentário!