Lançado edital de extensão para projetos que envolvam Direitos Humanos e Justiça

2. outubro 2020 | Escrito por | Categoria: Matérias, Oportunidades

Foi lançado nesta sexta-feira (2) o Edital Proex 15/2020 – Direitos Humanos, que vai selecionar propostas de atividades de extensão do tipo “projeto” ou “curso” que tratem da área temática de Direitos Humanos e Justiça. A iniciativa é do Comitê de Direitos Humanos do IFSC (CDH), em conjunto com a Pró-reitoria de Extensão e Relações Externas (Proex). As submissões podem ser feitas até 18 de outubro (o prazo foi prorrogado).

As propostas devem abranger ações que promovam o respeito e garantia dos Direitos Humanos, estimulem o enfrentamento à cultura do assédio e do estupro, combatam o racismo, o capacitismo e as desigualdades de gênero e classe, e que estejam alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a Carta dos Direitos Humanos e as Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos.

A novidade desse edital é que a seleção levará em conta a participação de servidores com deficiência, pretos, pardos e indígenas nas equipes de projeto (de acordo com o item 7.9 do Edital).

Ao todo, serão disponibilizados R$ 30 mil em recursos, que contemplarão até 10 propostas. Entre as vagas contempladas com recursos, a nona vaga será destinada a proponentes com deficiência e a 10ª vaga, para servidores que se declararem pretos, pardos ou indígenas. Também poderão ser aprovadas propostas sem recursos financeiros.

Segundo o presidente do CDH, professor Felipe José Schmidt, “considerando a solicitação por parte de membros do Conselho Superior para estudarmos a viabilidade da criação de cotas em representações nos colegiados da instituição, o Comitê de Direitos Humanos e sua comissão de Inclusão iniciou um processo formativo para compreender os caminhos para o enfrentamento ao racismo estrutural, assédios, visão capacitista, e outras discriminações classistas e sexistas presentes em nossa sociedade e que estão ou podem estar reproduzidas em diversos espaços da comunidade do IFSC. Tendo em vista a busca por uma comunidade mais democrática, inclusiva e promotora dos direitos humanos, o Comitê evidencia a importância de ações inclusivas e processos educativos de valorização da dignidade humana por meio do ensino, pesquisa e extensão. Nesse contexto, o Edital de Direitos Humanos torna-se um meio de reconhecer e promover as identidades de servidoras e servidores negros, indígenas e com deficiências, valorizando suas representatividades. A missão institucional, dentre outras, é de criar uma cultura que promova a pluralidade, reparações históricas e a justiça social. O Comitê está dando passos lentos, mas contínuos para a estruturação de políticas institucionais que estejam amparadas no respeito, na promoção e no fortalecimento dos Direitos Humanos”.

Cronograma:

2 a 14 de outubro – cadastramento de propostas no SIGAA-Extensão pelos proponentes, que devem ser servidores do IFSC, obrigatoriamente;

Divulgação do resultado – até 3 de novembro;

Prazo para solicitação de reconsideração – até 5 de novembro;

Manifestação do comitê sobre pedidos de reconsideração – até 9 de novembro;

Definição da execução – de 1º a 15 de dezembro

Período máximo de execução – de 1º de dezembro de 2020 a 31 de março de 20201.

Veja mais no Edital Proex 15/2020.

Por Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

Tags: , ,

Faça um comentário!