Servidores com interesse em afastamento para capacitação devem preencher formulário

13. junho 2022 | Escrito por | Categoria: Gestão de Pessoas, Matérias, Oportunidades

Servidores com interesse em se afastar para pós-graduação, solicitar licença para capacitação ou participar de disciplinas de pós-graduação stricto sensu em 2023 têm até 10 de julho para preencher o questionário eletrônico de levantamento de interesse.

Este levantamento é importante para a elaboração do Plano de Desenvolvimento de Pessoas (PDP) do IFSC de 2023. O PDP é um instrumento de planejamento interno das ações de desenvolvimento, obrigatório para todos os órgãos do poder executivo federal, instituído pelo Decreto nº 9991/2019. Nele devem constar todas as ações de capacitação de servidores a serem promovidas pela instituição em 2023: eventos de capacitação de curta duração, cursos de educação formal, liberações para realizar disciplinas de pós-graduação stricto sensu, licenças para capacitação e afastamentos para pós-graduação.

Os eventos de curta duração do PDP 2023 serão planejados em parceria com os câmpus.

O objetivo do questionário é fazer um levantamento de todos os servidores que pretendem solicitar afastamentos para pós-graduação, licença capacitação ou liberação para disciplinas de pós-graduação stricto sensu em 2023.

Trata-se de uma estimativa ou previsão aproximada de quais são as necessidades de desenvolvimento que serão atendidas por meio de liberação para cursar disciplinas de pós-graduação stricto sensu, afastamentos para pós-graduação stricto sensu ou licença capacitação em 2023.

O preenchimento deste questionário não garante ao servidor que ele será liberado para licença capacitação, afastamento para pós-graduação ou disciplina de pós-graduação stricto sensu. A licença capacitação e o afastamento para pós-graduação dependem de análise de mérito e contam com processos de seleção próprios, lançados todo semestre. A participação em disciplina de pós-graduação stricto sensu é concedida conforme a regulamentação da Resolução CDP 01/2020.

Por Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

Tags:

Os comenários não estão permitidos.