IFSC terá política de transição de Gestão

2. março 2023 | Escrito por | Categoria: Destaques, Gestão

A Diretoria de Gestão do Conhecimento (DGC) deu início neste mês à criação do projeto de transição de Gestão no IFSC. O objetivo é normatizar e orientar o processo de transição de gestão para cargos de direção e funções de confiança nos câmpus e na Reitoria, garantindo transparência e continuidade das ações públicas. Até 2025, quando o IFSC terá as próximas eleições para reitor e diretores-gerais dos câmpus, a instituição deverá contar com uma política de transição de Gestão, que definirá princípios e diretrizes, papéis e responsabilidades e as regras gerais a serem seguidas no respectivo período.

 A diretora de Gestão do Conhecimento do IFSC, Sabrina Moro Villela Pacheco, explica que, em períodos eleitorais ou de escolha, a transição de gestão exige metodologias e procedimentos que assegurem a accountability e a continuidade das atividades públicas. A intenção é que, ao assumirem seus novos cargos de gestão, os servidores tenham acesso ao conjunto de dados e às informações necessárias para o pleno exercício do trabalho. “A iniciativa da diretoria busca garantir a normalidade e a regularidade no processo de transição, evitando rupturas e descontinuidades entre gestores distintos”, destaca.  O termo accountability não tem uma tradução específica para o português, mas, conforme explica Sabrina, pode ser relacionado com responsabilização, fiscalização e controle social. “Em linhas gerais, trata-se de um conjunto de mecanismos que permitem que os gestores de uma organização prestem contas e sejam responsabilizados pelo resultado de suas ações”, esclarece.

Sabrina ressalta que o projeto também contempla a temática de sucessão, uma vez que para os cargos de gestão do IFSC não é possível preparar sucessores com antecedência. “Dessa forma, o projeto prevê o desenvolvimento das competências gerenciais e técnicas após o processo de escolha ou eleição”, detalha a diretora.

Neste momento, a equipe da DGC está na fase de realização de pesquisa para elaboração da política. As etapas de trabalho contarão ainda com a elaboração de todo o fluxo do processo e de um plano de transição de gestão, que será um modelo a ser pactuado entre o gestor atual e o gestor futuro para orientar e organizar, de forma transparente, o conjunto de informações necessárias ao processo de transição, o cronograma e o conjunto de ações.

O projeto de transição de Gestão proposto para o IFSC possui relação direta com o índice integrado de governança e gestão (iGG), composto pelos índices de governança pública, gestão de pessoas, gestão de TI e gestão de contratações, e mensurado por um questionário aplicado pelo Tribunal de Contas da União.

Por Marcela Lin | Jornalista do IFSC

Tags: , , ,

Os comenários não estão permitidos.