IFSC tem 2,6 mil vagas aprovadas em 16 cursos da UAB. Destaque para pós em Gestão de Riscos e Desastres

6. junho 2024 | Escrito por | Categoria: Destaques, Gestão, Governo Federal

O IFSC tem 2,6 mil vagas aprovadas em 16 cursos de especialização, licenciatura e superiores de tecnologia pela Universidade Aberta do Brasil (UAB), com oferta a partir de 2025.

Os cursos serão ofertados em 25 municípios de Santa Catarina, sendo que em 13 não há câmpus do IFSC: Araranguá, Barra do Sul, Blumenau, Braço do Norte, Canelinha, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Florianópolis, Indaial, Itaiópolis, Itapema, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Laguna, Otacílio Costa, Palhoça, Palmitos, Ponte Serrada, Pouso Redondo, São José, Tubarão e São Miguel do Oeste.

O diretor do Centro de Referência em Formação e Educação a Distância (Cerfead) Marco Antônio Neiva Koslosky explica que “apesar de termos sido contemplados previamente com somente 1.050 vagas neste edital, no decorrer da pactuação com os municípios e com as demais instituições de Santa Catarina conseguimos alcançar as 2,6 mil vagas”.

Marco Neiva destaca que, na primeira participação do IFSC no programa UAB em 2007, o curso superior de tecnologia em Gestão Pública teve 300 vagas ofertadas em seis municípios de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul (nenhum em Santa Catarina) e que nesta última oferta aprovada, chegou-se a 2,6 mil vagas, superando as ofertas da UFSC e Udesc. “Alguns municípios, a exemplo de Chapecó, Indaial e São José, vão receber a oferta de oito cursos diferentes dentre os 16 disponíveis”, completa.

Pós-graduação em Gestão de Riscos e Desastres

Um destaque desta oferta é a especialização em Gestão de Riscos e Desastres (a distância), com previsão de oferta a partir do segundo semestre de 2025 e oferta de 150 vagas. O pedido de oferta foi feito antes da tragédia do Rio Grande do Sul, e está consonância com as necessidades de formação atuais.

A pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Flavia Maia Moreira, explica que a ideia do curso surgiu a partir de parceria com a Defesa Civil de Santa Catarina, aproveitando a experiência dos professores do mestrado em Clima e Ambiente e tendo como modelo um curso semelhante do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG). Além da equipe do mestrado, o Câmpus Gaspar também estará envolvido, pela experiência dos professores na área e por estar em uma região sensível a enchentes, no Vale do Itajaí.

Um Grupo de Trabalho (GT) foi formado para criar o projeto didático-pedagógico do curso, que será o primeiro na área do sul do Brasil. “A Defesa Civil de Santa Catarina é considerada um modelo para o Brasil e queremos difundir esse modelo para todo o estado e estados vizinhos”, completa Flavia.

O diretor de Gestão do Conhecimento da Defesa Civil de Santa Catarina, coronel Cesar de Assumpção Nunes, explica que as tratativas entre o IFSC e o Governo do Estado iniciaram-se ainda em 2023, com o objetivo de desenvolver ações técnicas, pesquisas e cursos voltados ao enfrentamento de desastres naturais. Dessa parceria surgiu o curso de pós-graduação. “Em que pese não ser essa uma função da Defesa Civil, sempre que ela escolhe os parceiros para executar essas atividades, ela faz com muito critério. O IFSC prontamente atendeu à nossa demanda, com pleno apoio do reitor e demais pró-reitorias”, ressalta.

Além de membros das defesas civis estadual e municipais e profissionais da área de segurança (bombeiros e policiais), podem participar do curso demais interessados não só de Santa Catarina, mas de todo o Brasil, em qualquer área de formação acadêmica.

Cursos e previsão de início:

Especialização:

  • Gestão Escolar – 2025.1
  • Docência na EPT – 2024.2
  • Gestão na EPT – 2025.1
  • EaD na EPT – 2025.1
  • Educação Profissional Integrada à Educação Básica EJA – 2025.2
  • Ciência é 10! – 2025.1
  • Gestão de Riscos e Desastres – 2025.2
  • Educação para as Relações Étnico-Raciais – 2025.2
  • Educação em Direitos Humanos – 2026.1

Licenciatura:

  • Matemática – 2025.1, com reoferta em 2026.1
  • Língua Portuguesa e Português como Língua Adicional – 2026.1
  • Ciências Biológicas – 2026.1
  • Pedagogia Bilíngue (Libras-Português) – 2025.2, com reoferta em 2026.2
  • Letras (Português-Inglês) – 2025.2, com reoferta em 2026.2

Superiores de tecnologia:

  • Gestão da Tecnologia da Informação – 2026.1
  • Gestão Pública – 2025.2, com reoferta em 2026.2

Por Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

Tags: , , , ,

Os comenários não estão permitidos.