Candidatos ao mestrado do ProfEPT realizam prova de seleção

20. abril 2018 | Escrito por | Categoria: Câmpus Araranguá, Câmpus Caçador, Câmpus Canoinhas, Câmpus Chapecó, Câmpus Criciúma, Câmpus Florianópolis, Câmpus Florianópolis-Continente, Câmpus Garopaba, Câmpus Gaspar, Câmpus Itajaí, Câmpus Jaraguá do Sul-Centro, Câmpus Jaraguá do Sul-Rau, Câmpus Joinville, Câmpus Lages, Câmpus Palhoça Bilíngue, Câmpus São Carlos, Câmpus São José, Câmpus São Lourenço do Oeste, Câmpus São Miguel do Oeste, Câmpus Tubarão, Câmpus Urupema, Campus Xanxerê, Matérias

Aconteceu em 15 de abril o processo seletivo para o Curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (ProfEPT), que objetiva contribuir para a melhoria da qualidade do ensino e para o desenvolvimento de pesquisas na área. Os Institutos Federais e Colégio Pedro II, que integram a Rede Nacional do ProfEPT são denominados de Instituições Associadas (IAs) e são responsáveis, através de suas Coordenações Acadêmicas Locais, por toda a gestão local. Este ano foram 820 vagas distribuídas nas 36 instituições associadas ao programa e as inscrições aconteceram entre os dias 15 de fevereiro e 4 de março. Das 36 instituições associadas, espalhadas no Brasil, o IFSC é uma delas e um dos polos presenciais do mestrado.

Neste processo seletivo foram ofertadas, no IFSC, 24 vagas, tendo sido inscritos 376 candidatos. Destes, 251 compareceram para a prova de domingo (15). Das vagas ofertadas para o ingresso, são reservadas 50% para servidores pertencentes ao quadro permanente das instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e 50% das vagas, abertas para Ampla Concorrência. O resultado final será divulgado em 4 de junho; e o início do semestre letivo está agendado para agosto próximo.

O curso, que é semipresencial, visa ainda proporcionar formação em educação profissional e tecnológica, visando tanto a produção de conhecimento como o desenvolvimento de produtos, por meio da realização de pesquisas que integrem os saberes inerentes ao mundo do trabalho e ao conhecimento sistematizado.

As disciplinas obrigatórias que compõem o currículo do mestrado são ofertadas na modalidade presencial, com carga-horária de até 30% a distância, seguindo esquema de realização (frequência, dias e horários). As demais atividades do curso podem ter oferta presencial ou a distância, de acordo com a autonomia de cada uma das IAs que compõem a rede.

O ProfEPT é ministrado pela Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica: Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia; Centros Federais de Educação Tecnológica e Colégio Pedro II. É coordenado por um Comitê Gestor e pela Comissão Acadêmica Nacional.

Outras informações podem ser adquiridas aqui ou no Guia de cursos do IFSC.

Tags: , ,

Faça um comentário!